Novidades
segmento de serviços

Quarta-feira, 16 de dezembro de 2015
O CONTROLE DE INFORMAÇÕES...

É a principal necessidade de qualquer prestadora de serviços. E com a NSW (New Wind Solutions) não é diferente: fundada há um ano e meio, a empresa tem registrado índices surpreendentes de crescimento, tornando o controle total dos negócios um grande desafio.

Por isso a contratação do ERP Mega Serviços traz grandes expectativas para o proprietário da empresa, Marcos Moraes, que conta com mais de 15 anos de expertise no mercado de energia eólica e há um ano e meio decidiu fundar a NWS (New Wind Solutions).

Seu objetivo?

Oferecer o mais alto nível em reparos e inspeções para componentes de turbina eólica constituídos em material composto, como pás, nacelles e spinners - componentes para aerogeradores.

E a iniciativa deu tão certo, mas tão certo, que a empresa não para mais de crescer. Só para você ter uma ideia, ao longo deste ano a NWS registrou um crescimento de mais de 300% em sua operação.  

O número parece absurdo, mas reflete exatamente a realidade de Marcos Moraes. Não só a atual, como a futura também. Porque, como ele mesmo diz, as perspectivas para os próximos anos são ainda mais promissoras.

Tanto que o levaram a investir em seu primeiro software de gestão. “Com diversos projetos sendo conduzidos ao mesmo tempo e uma demanda que só cresce a cada dia, vimos uma necessidade imediata de transferir os controles manuais, feitos em planilhas eletrônicas até aqui, para um sistema integrado”, contextualiza.

E após um criterioso processo de seleção envolvendo a Mega e outras três companhias, o proprietário da NWS - com o apoio de uma consultoria especializada – entendeu que a nossa solução era a mais completa e aderente às suas necessidades.

“Além de atender plenamente as especificidades do setor de serviços, com uma ferramenta própria para isso, o fator da mobilidade e a credibilidade que a equipe nos transmitiu foram fundamentais para esta decisão”, afirma Marcos Moraes.

Agora, com a implantação tomando forma, o cliente já começa a planejar os próximos passos do projeto. Porque, à medida que os negócios se desenvolvem, aumenta ainda mais a vontade de deixar tudo sob controle absoluto.

“Pretendemos implantar todo o BackOffice até o início do ano para, então, partirmos para a segunda fase com a mobilidade”, comenta o executivo, certo de que agora a NWS terá um crescimento forte e sustentável.


Voltar