Sábado, 23 de maio de 2015
REDUÇÃO DE CUSTOS E AUMENTO DA PRODUTIVIDADE

Como sistemas de gestão ERP podem apoiar gestores no crescimento da eficiência corporativa.

Atualmente muitos empreendedores têm um grande desafio relacionado à gestão de seus negócios: a necessidade de unificação dos processos e a comunicação entre os diferentes setores de uma corporação. Somada a este desafio, existe a permanente necessidade de redução de custos em mercados mais competitivos, preparando as empresas para sobreviver aos períodos de instabilidade econômica, retração e até mesmo variações do mercado. Mas a boa notícia é que os softwares de ERP estão prontos para auxiliar nesta tarefa, proporcionando a gestão integrada do negócio e ajudando a economizar recursos financeiros em vários aspectos.

Um ERP, ou Sistema de Gestão Empresarial Integrada, como também é conhecido, atua de forma unificada, usando a mesma base de dados para controlar diferentes áreas de uma empresa. O primeiro resultado disso é a agilidade no levantamento de dados, beneficiando a tomada estratégica de decisões. Em alguns casos, isso é vital: é possível fazer levantamento de todas as informações do funcionamento de uma empresa, a partir de seus vários setores, para decisões relativas à análise de custos, tornando essa avaliação muito mais eficiente e rápida do que os levantamentos fragmentados em setores diferentes.

O impacto positivo da adoção de um ERP nas corporações de qualquer porte é tão grande que, além de reduzir os gastos que a empresa possui, garante o retorno da verba que foi destinada para a compra e implementação desta tecnologia logo após os primeiros anos em que passou a ser aproveitada nos processos da empresa. E isso ocorre justamente porque as vantagens em se investir na gestão integrada são tantas que rapidamente os bons resultados aparecem.

Com um ERP é possível eliminar diversos sistemas em que seria necessário fazer a entrada de dados de forma independente, evitando que a mesma atividade seja feita várias vezes por pessoas diferentes. Assim, a gestão também se torna mais eficiente, podendo controlar de forma mais ágil toda informação que provém do mesmo banco de dados.

O controle de pedidos por um ERP também é mais rápido e eficiente, tornando todo o fluxo interno de mercadorias, desde a recepção e estocagem até a entrega ao cliente. Assim, é possível manter menores estoques, ter processos internos melhores e garantir maior agilidade de toda a logística interna.

E para empresas que estão sempre em busca de crescimento com quadro reduzido, um dos principais benefícios da utilização de um ERP é a automatização de processos que antes eram executados de forma manual nas empresas. Automatizando tarefas, existe menor necessidade de pessoal para preenchimento de notas, alimentação de diferentes bancos de dados, controle de estoque e gestão financeira da empresa, mantendo os times focados na estratégia do negócio e não mais na esfera puramente operacional. Com o controle de estoques automatizado, por exemplo, é possível planejar melhor as compras, mantendo estoques mínimos e deixando a empresa menos exposta às mudanças do mercado.

Além disso, outro fator primordial é o atendimento às exigências tributárias do país. Os ERPs facilitam, por exemplo, a emissão das Notas Fiscais Eletrônicas. Este tipo de NF também auxilia na redução dos custos, já que não é preciso ter equipamentos caros ou papel específico para a impressão. E se considerarmos ainda que no Brasil, nos últimos 26 anos, foram criadas 320.343 normas específicas para a área Tributária – uma média de criação de 46 normas por dia – os sistemas de gestão tornam-se fundamentais para manter o domínio corporativo sobre a complexidade tributária nacional e atender todas as obrigações governamentais, evitando o risco de multas e onerações por descumprimento da lei.

Somente com essa rápida análise já é possível mensurar a importância de um sistema de gestão para aumentar a produtividade e eficiência das organizações, e a cada dia mais as empresas percebem que investir em inovação e tecnologia é algo imprescindível para se manterem vivas e saudáveis em seus segmentos de atuação. Aproveitar ao máximo os recursos de TI transforma o ambiente de trabalho e ainda estreita o relacionamento com o cliente.

Melhores práticas poderão ser tomadas a partir da adoção de um sistema integrado de gestão, de forma que o gestor possa planejar melhor as estratégias de mercado, otimizar seus processos, manter o controle de sua empresa, entender seus clientes e ter mais confiança para sua tomada de decisão.


Voltar