Sexta-feira, 3 de agosto de 2012
Projeto Coaching

Com o objetivo de contribuir ativamente para o crescimento e desenvolvimento profissional da equipe, a Área de Projetos da Mega Matriz acaba de criar a “Iniciativa Coaching”, que atuará inicialmente com os níveis básicos do processo de coaching.

Ao contrário do que se pensa, remuneração e benefícios não são mais os únicos focos dos profissionais no mercado. Segundo a Revista Computerworld, entre os 156 mil profissionais empregados pelas 100 companhias listadas entre as Melhores Empresas Para Trabalhar do Brasil, mais da metade (58%) disse que as oportunidades de crescimento e desenvolvimento oferecidas são estímulos para permanecerem onde estão e se envolverem cada vez mais com os propósitos da companhia. Mas também é necessário uma contrapartida. Flexibilidade e vontade de aprender são algumas das características necessárias para o profissional que as Melhores Empresas do mercado buscam.

As empresas perceberam que apoiar o desenvolvimento da carreira dos funcionários é uma importante receita de sucesso para ganhar confiança e reter talentos. Na Mega Sistemas Corporativos essa prática é alinhada através de uma série de ações, que acaba de ganhar mais um importante item para o pacote da equipe de Projetos BackOffice, Manufatura e Logística: a Iniciativa Coaching.

A idéia é ter na equipe talentos com grande conhecimento em sua área de atuação, mas que esteja sempre disposto a trazer novidades e também absorver novidades e tendências. “Com a criação do Coaching esperamos poder contribuir mais ativamente para o desenvolvimento profissional da equipe, além de oferecer maior suporte aos consultores que estão sempre em campo, auxiliando-os também na resolução de questões relacionadas ao RH”, explica Gisele Paiva, Gerente de Projetos da Mega.

O projeto também será importante para melhorar a comunicação dentro da equipe e direcionar assuntos que não estejam relacionados diretamente a projetos de clientes. “Villela da Mata & Flora Victoria afirmam que o Coaching é um processo que visa elevar a performance de um indivíduo (grupo ou empresa), aumentando os resultados positivos por meio de metodologias, ferramentas e técnicas cientificamente validadas. Nós estamos trabalhando inicialmente o estágio inicial do Coaching, mais voltado para a área de recursos humanos. Para isso, estamos criando dentro da equipe de projetos o papel do orientador”, completa Gisele.

Cada consultor terá um coordenador como seu “orientador”para tratar assuntos que não estejam relacionados diretamente com projetos de clientes, como por exemplo: programação de férias, folgas e emendas de feriados, comunicação de ausências antecipadas por motivos de saúde, exames médicos ou particulares, solicitação de treinamentos, dar e receber feedbacks sobre pontos a melhorar e pontos positivos, dúvidas quanto as regras de gerais da área e outros assuntos voltados à carreira. O orientador ficará responsável em alinhar com os demais coordenadores e dar um retorno ao colaborador em um curto espaço de tempo. Paralelamente, todos os assuntos relacionados aos projetos seja de implantação ou de manutenção continuarão a ser tratados diretamente com o coordenador responsável pelo respectivo projeto.

E para direcionar cada grupo de colaboradores a um orientador, a equipe foi dividida em grupos que serão periodicamente reformulados para gerar uma rotatividade e continuar estimulando pontos de crescimento para que todos possam trabalhar juntos.


Voltar