Terça-feira, 3 de novembro de 2020
PESQUISA APONTA QUE 47% DAS EMPRESAS PLANEJAM AUMENTAR SEUS INVESTIMENTOS EM INTERNET DAS COISAS

A mais recente pesquisa da Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia, aponta que, apesar dos impactos da Covid-19, 47% das empresas planejam aumentar seus investimentos em Internet das Coisas (IoT) nos próximos anos.  

Segundo a pesquisa, durante a pandemia. 35% das empresas entrevistadas reduziram seus investimentos em internet das coisas, enquanto um número maior de organizações está planejando investir na tecnologia visando reduzir custos. 

 A previsão é de que em 2023 um terço das empresas que implementaram IoT também terão implementado Inteligência Artificial em conjunto com pelo menos um projeto de internet das coisas. 

Um dos motivos para esse aumento é que, embora as empresas não tenham muita experiência com IoT, os implementadores da tecnologia produzem um ROI previsível dentro de um período de tempo especificado. “Eles usam indicadores-chave de desempenho (KPIs) para rastrear seus resultados de negócios e, para a maioria deles, também especificam um prazo para o retorno financeiro de seus investimentos em IoT, que é em média três anos”, disse Benoit Lheureux, vice-presidente de pesquisa da Gartner.  

Outro ponto favorável é que os investimentos em internet das coisas são relativamente novos, o que gera muitas oportunidades para as empresas que estão em busca de redução de custos “fáceis de alcançar”. 

A pesquisa foi feita online, de junho a julho de 2020, com 402 entrevistados nos EUA, Reino Unido, Alemanha, Austrália, Cingapura e Índia.

 

Saiba Mais:

Afinal, como a internet das coisas está revolucionando a indústria?

Tecnologia e agronegócio: conheça as tendências que impactam a área


Voltar