Segunda-feira, 20 de maio de 2013
MEGA SISTEMAS CORPORATIVOS PARTICIPARÁ DO "DIA DO DESAFIO"

Realizado em todo o mundo, o Dia do Desafio propõe que as pessoas abandonem por 15 minutos a atribulada vida corporativa e pratiquem alguma atividade física.

Os profissionais da Mega Sistemas Corporativos participarão do Dia do Desafio, que acontecerá no próximo dia 29 de maio. Às 8h00 os colaboradores deixarão a rotina de trabalho para realizarem 15 minutos de exercícios físicos. “O Dia do Desafio Mega faz parte do Programa Viva Bem, que conta com o acompanhamento da equipe Ativ Laboral e estimula os funcionários a praticarem ginástica três vezes por semana e a participarem de uma sessão de quick-massagem por três vezes também semanalmente”, informa Letícia Spinardi, Coordenadora de Comunicação da empresa.

O Dia do Desafio, que surgiu em 1983 e foi criado no Canadá, chegou ao Brasil em meados da década de 1990 e tem por objetivo promover o envolvimento regular das pessoas em atividades esportivas em prol da qualidade de vida. Em 2012, o Dia do Desafio aconteceu simultaneamente em 21 países nas Américas. Cerca de 3.500 cidades e 51 milhões pessoas aderiram à ação.

Mundialmente a iniciativa é coordenada pela The Association For International Sport for All (TAFISA), sediada na Alemanha. No Brasil, a campanha é organizada pelo SESC SP e prefeituras municipais.

A COMPETIÇÃO

As cidades que conseguirem sensibilizar mais participantes para a ação receberão reconhecimento mundial. E este ano Itu concorre diretamente com a cidade de Nova Friburgo, localizada no estado do Rio de Janeiro, que possui cerca de 180 mil habitantes. A escolha dos competidores leva em consideração o percentual de habitantes mobilizados em cada localidade e é definida por sorteio.

COMO SERÁ O DIA DO DESAFIO NA MEGA?

Os colaboradores serão divididos em duplas e convidados a fazer um pequeno trajeto, nas instalações da empresa, com os olhos vendados. Enquanto um segue com os olhos vendados, o outro fica responsável por conduzi-lo. E no caminho da volta, eles trocam de posição. A proposta é permitir a integração entre os colaboradores, que precisarão confiar uns nos outros, exercitando a empatia, e também em fazê-los prestar atenção em seus movimentos, o que, certamente, o despertará para a importância dos cuidados com o corpo e, consequentemente, com a saúde.

“Queremos proporcionar um momento em que cada um possa ‘olhar’ para si mesmo com calma, com cuidado, sentindo o movimento. Afinal, qual é a atenção que você dá para cada batimento do seu coração, para cada inspiração, respiração e transpiração?”, ressalta Spinardi.


Voltar