Terça-feira, 27 de janeiro de 2015
JÚLIO ROCHA, UMA VIDA NA MEGA!

Ele constituiu a sua carreira na Mega Sistemas Corporativos. E mesmo hoje, 15 anos depois de ter entrado para o nosso time, continua com muitos planos para seguir contribuindo com o desenvolvimento da companhia. Vamos conhecer um pouco desta trajetória?

Com a fusão anunciada no final de 2014, começamos 2015 com uma série de novidades... inclusive nos canais de comunicação. Além de um novo formato, nossa newsletter institucional também passou por uma repaginação de conteúdo: centralizamos as notícias de todos os segmentos em que atuamos em uma única edição, que continuará sendo enviada mensalmente, no último dia útil do mês, para todos vocês.

E, entre outras mudanças que já podem começar a ser notadas, está a inclusão de uma seção fixa que traz sempre o perfil de um de nossos colaboradores. A ideia, que antes era aplicada somente na antiga newsletter específica para o segmento da construção civil, é permitir que vocês conheçam melhor quem são as pessoas que fazem parte do nosso time e estão aqui, diariamente, se dedicando para tonar a sua experiência com os nossos produtos e serviços a mais positiva possível.

Para começar faremos uma breve passagem pela trajetória do Líder Técnico Júlio Rocha, que há 15 anos integra o nosso time de Desenvolvimento. Bastante tempo, né? É quase um terço da vida dele. E se considerarmos somente a vida em âmbito profissional, certamente é muito mais do que a metade de toda a vivência que já teve no mercado de trabalho como um todo. Porque foi aqui que ele constituiu a sua carreira. Quando foi contratado, só tinha passado por dois empregos. Apenas um na área de Tecnologia, propriamente dito.

O primeiro foi ainda bem novo, em um colégio técnico de Itu, onde sempre morou com a família. “Eu era office boy, fazia um pouco de tudo. Mas mesmo não tendo nenhuma relação com a profissão que que eu seguiria mais adiante, foi onde iniciei a minha história na área de Tecnologia”, conta o entrevistado. Ele explica que, enquanto funcionário, tinha direito a uma bolsa de estudos e com isso conseguiu fazer um bom curso. “Sempre gostei desta área de eletrônica e informática. Só não sabia se seguiria este caminho ou se partiria para uma carreira militar”, lembra.

Quanta distinção entre as opções hein, Júlio Rocha?

Pois é. A primeira era a que estava no auge naquela época. E, claro, a que mais despertava seu interesse. A vontade de partir para uma carreira militar, por sua vez, veio por influência da família. Sobretudo do seu avô, um respeitado oficial do exército com muitas histórias a compartilhar com o neto sobre sua trajetória como capitão... tendo inclusive participado da 2ª Guerra Mundial.

No fim das contas a curiosidade por aquele novo e promissor universo da Tecnologia acabou falando mais alto e norteando a sua decisão. E a escolha foi mesmo assertiva. Não porque ele não teria se dado bem na carreira militar; mas porque ele tem alcançado tantas conquistas na área técnica que é difícil imaginar o entrevistado fazendo outra coisa. “É com o que eu me identifico. Gosto de mexer com componentes, com linguagem de programação e estou em um bom nível na área técnica”, pontua.

Longe de abandonar aquele “espírito aventureiro”, Júlio Rocha apenas o destinou para as horas de descanso e lazer, quando se dedica a outra antiga paixão: seu jipe ano 69. E olha que interessante! Além de se aventurar em passeios e trilhas pela região, seja acompanhado pelos amigos ou pela sogra – que, segundo o próprio colaborador, gosta mais deste seu hobbie do que a sua esposa – ele também se sente muito bem quando mexe no motor e em toda a parte mecânica do seu jipe. Quase como se fosse uma terapia.

Quase porque agora ele tem algo, ou, melhor dizendo, alguém que tem o enorme poder de fazê-lo se sentir sempre feliz e realizado pelo simples fato de existir. Sabe de quem estamos falando? Do pequeno Inácio, seu filho de oito meses que só veio para trazer ainda mais amor ao seu casamento de nove anos. “É incrível. Mesmo sendo tão pequeno, ele já é o meu maior companheiro”, afirma, se referindo à grata experiência de ser pai. Para quem se pergunta como fica o seu hobbie, a resposta já está pronta. “Aos três meses o Inácio já fazia a sua estreia no jipe comigo”, conta, se divertindo.

E por falar em diversão, quem conhece o Júlio Rocha sabe que com ele é difícil ter tempo ruim. “Sinceramente não consigo apontar nada que me tire do sério”, comenta. Sempre com bom humor, muito centrado e prático. É assim que ele encara os desafios do dia a dia. Não há dúvidas de que o conhecimento e toda a experiência que adquiriu ao longo desta trajetória o ajudam a enxergar a vida com esta leveza; afinal, ele está sempre se atualizando e estudando para ter cada vez mais propriedade no que faz. Mas não é só isso. Faz parte da personalidade dele ser esta pessoa agradável da qual todos ao seu redor gostam de manter por perto.

Talvez você, cliente, não o conheça. Mas pode ter certeza que é assim que Júlio Rocha e muitos outros colaboradores do nosso time vêm para cá todos os dias para ajudá-lo a trazer os melhores resultados para a sua empresa!


Voltar