Sexta-feira, 14 de novembro de 2014
CONFRATERNIZAÇÕES NAS EMPRESAS: DIVIRTA-SE SEM COMETER GAFES

Você sabia que comportamentos inadequados podem resultar em demissão? Algumas dicas ajudam a fugir desta armadilha.

Ao longo dos anos, já virou tradição as empresas prepararem uma festa de confraternização para comemorar os resultados alcançados e promover a integração entre os seus colaboradores. O momento é mais que propício para a descontração e o clima aparentemente informal encontrado nas festas deste período, muitas vezes, leva as pessoas a se comportarem de maneira mais extravagante.

No entanto, o que muitos profissionais esquecem é que eventos como estes são essencialmente corporativos e cometer exageros pode ser nocivo a sua carreira. “Geralmente, os colaboradores perdem um pouco a noção de que isto pode resultar em consequências nada agradáveis. É importante lembrar que, apesar de ser uma comemoração, todos estão sendo observados pelos colegas e até mesmo pelos gestores. Ou seja, uma gafe pode impactar diretamente na imagem que o profissional já construiu dentro da organização”, explica a Gerente de Recursos Humanos da Mega Sistemas Corporativos S.A., Mariana Almeida.

E se você não deseja se tornar o assunto principal no dia seguinte à confraternização, confira abaixo algumas dicas relacionadas por Mariana:

1 — Nunca exagere na bebida alcoólica.

“Se você não é acostumado a beber, não se deixe levar pela empolgação dos colegas. Em excesso, a bebida transforma o comportamento até dos mais tímidos, faz mal à saúde e ainda pode ocasionar uma enorme ressaca moral”, alerta a gerente.

2 — Seja bastante criterioso com o traje para a ocasião.

“Embora mais despojada do que a maioria dos eventos corporativos, a confraternização da empresa não é uma balada. Evite modelos curtos, decotados, transparentes ou excêntricos. Se a festa for à beira de uma piscina, no caso das mulheres, a opção fica por conta de maiôs menos cavados. Para os homens, é melhor usar shorts ao invés de sungas”, aconselha.

3 — Procure conversar sobre assuntos gerais e descontraídos.

“Também é aconselhável evitar o uso de palavras de baixo calão. Não exponha a sua vida pessoal, não fofoque sobre os colegas de trabalho e não critique a organização da festa. E o mais importante: nunca fale mal do chefe. Aproveite o momento para melhorar o seu network na empresa. E, mesmo que não esteja sintonizado com o clima de alegria do evento, não se isole ou adote uma postura mal humorada. Simpatia e boa educação são bem vistos por todos”, recomenda.

4 — Dance e se divirta, mas sem exagerar nos ritmos ou coreografias pouco convencionais.“Algumas danças podem causar constrangimentos e ainda render fotos em poses mais ousadas. Lembre-se de que elas poderão ser motivos de piadas e comentários mal intencionados no dia seguinte”, explica Mariana.

5 — Fique atento na hora da refeição.

“Procure não encher o prato e transmitir uma imagem negativa. Coma pequenas porções e se houver algo que não seja do seu agrado, não se sinta na obrigação de provar”, orienta.

6 — Caso o convite não seja extensivo à família, vá sozinho.

“Neste caso, não insista. Evite uma saia justa”, informa a gerente.

7 — Evite demonstrações exageradas de afeto.

“Paqueras sempre acontecem em qualquer tipo de reunião social, mas avançar demais o sinal pode gerar comentários e comprometer o clima organizacional após o evento. Invista sempre na discrição e no bom senso”, explica a gestora.

8 — Se a festa tiver um horário marcado, evite chegar atrasado.

“Também esteja atento ao horário de se despedir. Ficar até o momento final da festa ou ser convidado a se retirar, principalmente se houver expediente de trabalho no dia seguinte, é muito deselegante”, afirma.

9 — Seja sensato ao escolher o presente do amigo secreto.

“Procure respeitar os valores pré-definidos e evite presentes muito pessoais como perfumes e lingeries, por exemplo. Se precisar fazer alguma apresentação, apenas elogie. Evite comentários que possam ofender ou até mesmo relembrar alguma situação vexatória do passado”, orienta.

10 — Peça desculpas pelos excessos.

“Se, por acaso, cometer alguma gafe que tenha incomodado tanto os gestores quanto os demais colegas é recomendável pedir desculpas ao voltar ao escritório. Mostrar-se humilde pode reverter alguma situação desagradável que, por ventura, tenha sido criada”, finaliza Mariana.


Voltar