Quarta-feira, 27 de maio de 2015
ARIANE ALVES DE SOUZA, MELHORAR SEMPRE

Para quem não acredita que nada na vida é por acaso, a trajetória da Coordenadora de Treinamentos Ariane Alves de Souza é uma verdadeira lição. Ela está na Mega Sistemas Corporativos há quase cinco anos, mas sua história com a companhia começa muito antes!

Ela sempre foi uma apaixonada pela área de TI; por isso a estuda desde que tinha 15 anos de idade. O que não imaginava, porém, e só veio a descobrir alguns anos depois, quando teve seu primeiro contato com a Mega Sistemas Corporativos, é que esta área podia atrelar negócios e tecnologia ao mesmo tempo... e isso mudou pra sempre o rumo da sua carreira.

Quando saiu de Tatuí para cursar a faculdade de Sistemas de Informação em Sorocaba, Ariane acreditava que havia um universo completamente novo à sua espera. E não estava nem um pouco enganada. Hoje, após muitas conquistas, desafios e paradigmas vencidos, ela tem a certeza de que a sua escolha não poderia ter sido mais assertiva. Mas isso não significa que ela já esteja satisfeita.

Acomodação é uma palavra que não existe no dicionário da entrevistada deste mês. Mesmo já tendo construído uma trajetória de grande sucesso até aqui, Ariane ainda tem muito a realizar. Porque para ela é possívelmelhorar sempre.E foi este pensamento, aliado a uma sede constante de aprendizado, que a impulsionou para o mercado de ERP. “Eu trabalhava na Fundação Dom Aguirre, que era cliente Mega, quanto tive meu primeiro contato com a companhia e também com um Sistema de Gestão Integrado”, explica.

A partir dali, Ariane vislumbrou um novo horizonte na área de TI. Percebeu que, por mais que gostasse de trabalhar com a parte técnica, com cabos, impressoras, servidores e afins, o que ela mais almejava era trabalhar com pessoas.“Sabendo que não teria esta oportunidade onde estava, resolvi dar uma reviravolta na minha vida: fui a São Paulo em busca de novos desafios”, conta.

E, como sempre há lugar para quem não tem medo de colocar “a mão na massa” e correr atrás dos sonhos, logo conseguiu a chance que buscava e começou a trabalhar na área de suporte em uma empresa de ERP em São Caetano do Sul. Não foi uma fase fácil, mas valeu a pena... porque foi uma oportunidade ímpar de aprendizado. Além de ampliar seu conhecimento de ERP, Ariane pôde conhecer de perto o mundo da indústria através da atuação, das dificuldades e necessidades dos clientes que atendia.

Resumindo: a vida profissional ia muito bem. Já a pessoal, nem tanto. Depois de um ano de namoro à distância, Ariane propôs a Emanuel, seu marido e até hoje mais fiel companheiro, que fosse morar com ela. Ele, claro, topou e deixou tudo o que tinha em Sorocaba para ficar ao lado da amada. Mas depois de um ano perceberam que os prós de viver naquele ritmo frenético dos paulistanos não estavam mais sobressaindo os contras.

Então foi a vez dela colocar o que valia mais a pena na balança e voltar para o interior com o marido. Algo que a palavra cumplicidade definemelhor do que qualquer outra. E, mais uma vez, a escolha não demorou pra se revelar como certa. De volta, agora perto da família, sobretudo da mãe e da irmã, com quem sempre teve laços muito fortes, Ariane arrumou um novo emprego, também na área de TI... e, por incrível que pareça, foi onde retomou seu contato com a Mega.

Sempre levando aquele seu primeiro contato, enquanto cliente, como referência, Ariane nunca escondeu o desejo que tinha de trabalhar na companhia. Nem mesmo para seus colegas de trabalho. Afinal, ter uma meta não significa deixar de cumprir, com excelência, as atribuições e responsabilidades assumidas no caminho até conquistá-la. Tamanha transparência a permitiu chegar até aqui.

“Certo dia uma colega ligou para o meu ramal dizendo que havia uma pessoa na recepção que tinha acabado de ser contratada pela Mega e que me conhecia; fui até lá no mesmo instante e, para minha surpresa, esta pessoa era o Wildson Lucchesi. Nós íamos para a faculdade no mesmo ônibus e chegamos a estudar na mesma sala”, lembra. E, como já mencionamos, nada na vida acontece por acaso, aquele reencontro foi o ponta pé inicial para mais uma reviravolta.

Ou, como a própria Ariane diz, uma mudança da água para o vinho. Conforme se comprometeu, Wildson levou o currículo dela à companhia e, pouco tempo depois, já estava participando do processo seletivo. “A vaga disponível para o meu perfil era no Atendimento Construção, liderada pelo Willian Salinas, com quem eu também já tinha estudado. Aliás, nos formamos na mesma turma da faculdade”, conta. Coincidência? Pode até parecer, mas nós somos da opinião de que a sorte nada mais é do que quando opreparo encontra a oportunidade.

E isso Ariane tem de sobra. Preparo. Tanto que entre muitos outros candidatos, ela foi a escolhida. E como não poderia deixar de ser, devido àquela sede constante de aprendizado, não parou por aí. Atuou dois anos como Analista de Suporte, ministrou capacitações para colaboradores e parceiros - o que a torna muito grata ao Willian Salinas por ter confiado esta missão a ela - e, com o desempenho apresentado desde que entrou para a companhia, a levaram a um novo patamar.

Ariane foi escolhida pelo Gerente de Atendimento e Relacionamento com Clientes Giuliano Machado para desenhar o primeiro projeto da Mega – e pioneiro inclusive no Brasil – baseado no Gamification para implantação do KCS, que hoje é usado como referência de case de sucesso nos mais renomados eventos do setor, como a Conferência & Expo HDI Brasil, por exemplo.

Depois, mais recentemente, a entrevistada deste mês foi incumbida de assumir a área de Treinamentos da Mega... o que, mais do que um novo desafio, foi recebido por ela como uma resposta a toda a sua dedicação e ao que ela propôs a si mesma quando veio participar do processo seletivo: conquistar o seu espaço, o reconhecimento do seu trabalho e se tornar peça fundamental para o desenvolvimento da companhia!


Voltar