Segunda-feira, 18 de março de 2013
A polêmica do ICMS

Na sexta-feira, dia 15 de Março, a Mega Sistemas Corporativos participou de um amplo debate sobre as mudanças na arrecadação do ICMS e os impactos que esta nova proposta pode causar para as empresas em evento realizado pela Amcham Campinas. Entenda o cenário!

O governo federal quer aprovar o quanto antes uma resolução que elaborou com o objetivo de unificar as alíquotas do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nas operações interestaduais, reduzindo-as para 4%. A proposta, no entanto, tem gerado inúmeras críticas por parte dos governadores, que conseguiram nesta semana convencer os líderes governistas do Senado a adiarem a votação que define se a polêmica resolução entrará ou não em vigor.

A ideia é acabar com a margem utilizada por alguns estados para conceder incentivos tributários e atrair empresas. E a mudança não é nada simples. Para se chegar a este percentual, a resolução propõe uma transição de 12 anos em operações realizadas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e também em operações no Espírito Santo que sejam destinadas às regiões Sul e Sudeste; para as demais operações a proposta é de uma transição de 3 anos.

E como isso tudo não afeta somente os estados, mas também as empresas que movimentam a economia dos mesmos, diversos empresários se reuniram na Amcham — Câmara Americana de Comércio de Campinas para discutir os impactos da resolução e como eles devem se preparar para cumprir as novas regras da cobrança do ICMS. Sempre alinhada às principais mudanças e tendências do mercado, a Mega Sistemas Corporativos marcou presença no evento através da participação da Consulta de Negócios Andréia Bonini,

O encontro contou ainda com grandes profissionais como palestrantes. A explanação do tema foi feita por Maurício Bellucci, sócio do Gomes & Hoffman, Bellucci Piva Advogados, Sílvia Piva, Sócia do Gomes & Hoffmann, Bellucci Piva Advogados e Cássio Zocolotti, Diretor de TAX da FBM.

E você, está preparado para o futuro?


Voltar