Sexta-feira, 24 de outubro de 2014
A IMPORTÂNCIA DA LIDERANÇA NO DIA A DIA EMPRESARIAL

E o cinema traz bons exemplos para entender alguns tipos de líderes.

Líder: comandante, pessoa que lidera. Ao longo da história, diversos são os exemplos de quem exerceu a liderança, seja ela política, econômica ou religiosa. Alexandre, O Grande, Mahatma Gandhi, Adolf Hitler, Napoleão Bonaparte, Jesus Cristo, Martin Luther King, Nelson Mandela, Fidel Castro, Getúlio Vargas e Joana D’Arc são apenas alguns exemplos de quem, para o bem ou para o mal, mobilizou milhões de pessoas em torno de uma causa.

Da história para a vida real, todos têm em comum algumas características como delegar, ensinar, inspirar e motivar quem está ao seu redor. Muitos já nascem com tais habilidades, outros as desenvolvem e se preparam para conquistar seus objetivos durante suas vidas. Não há uma regra a ser seguida. As mudanças são constantes e um dos segredos é estar aberto para se adaptar às transformações e aos interesses da sociedade naquele momento. “No mundo empresarial não é diferente. Exercer a liderança resulta em admiração, respeito e influência e também exige, sobretudo, sabedoria para enfrentar as situações e comandar a sua equipe. Acima de tudo, o líder deve ter consciência sobre suas atitudes e como elas impactam na vida e no desempenho dos seus colaboradores”, explica o diretor comercial e sócio-fundador da Mega Sistemas Corporativos, Walmir Scaravelli.

E os exemplos vão além da história e os seus personagens reais. O cinema está recheado de filmes cujo enredo se constrói a partir de fatos verídicos e também ficcionais. Por eles, percebemos a personalidade de cada um e como alcançam desde o fracasso até o sucesso.

Um dos exemplos mais emblemáticos da Sétima Arte é o clássico “A Felicidade Não Se Compra”, dirigido por Frank Capra. Lançado em 1946, o longa é considerado um tributo à administração ao narrar a história de George Bailey, interpretado pelo ator James Stewart, empresário empreendedor e dotado de grande consciência social. Firme e obstinado, ele direciona seu negócio, um banco de poupança e empréstimos, à camada menos abastada daquela sociedade e, consequentemente, desprezadas pelo seu concorrente. No entanto, apesar de toda a sua generosidade com a comunidade, ele enfrenta uma grave crise em sua empresa. Eis quando, diante de uma possível falência, toda a sua dedicação é recompensada com a lealdade de seus clientes, que o ajudam a superar o problema. “Este é um personagem verdadeiramente inspirador. É um exemplo de homem simples, de um empresário capaz de arregaçar as próprias mangas para ajudar os seus clientes e inspirar seus colaboradores. Por maior que a empresa possa se tornar, você nunca deve deixar de tratá-los com respeito e consideração. Conhecê-los ou chamá-los pelo nome, por exemplo, pode parecer pouco para muitos que estão no comando. Mas, são de extrema grandiosidade para quem está do outro lado e se sente reconhecido e valorizado”, complementa o executivo.

“Estar à frente de uma empresa é muito mais que pensar no negócio pelo negócio. É estar atento aos anseios pessoais e profissionais da equipe e às demandas dos clientes. É preciso ter segurança e humildade para ouvir e também aceitar as opiniões, que são sempre as mais distintas possíveis. Com isto como base, é possível trabalhar em conjunto e atingir as metas planejadas”, acredita Scaravelli.

Abaixo, outros exemplos de líderes pelas lentes das câmeras.

Autocrático

Ao mesmo tempo em que é visionário e determinado, faz uso de ameaças para pressionar a equipe e, ainda assim, não consegue alcançar o desempenho almejado. Para visualizar este tipo de líder, basta assistir a “O Lobo de Wall Street”, com Leonardo Dicaprio.

Autoritário

Sabe motivar a equipe e comandá-la com firmeza. Mas, por ser extremamente crítico, chega a desanimar aqueles que não apresentam os resultados esperados. Um exemplo está em “Jobs”, filme estrelado por Ashton Kutcher, que conta a história de Steve Jobs, fundador da Apple.

Coach

Este apresenta diversas qualidades: facilidade para trabalhar com transparência, consegue avaliar os seus colaboradores e aproveitar os pontos fortes de cada um, além de saber comandar a equipe e torná-la, cada vez mais, direcionada ao sucesso de seus objetivos. Os premiados com o Oscar, “Menina de Ouro” e “Jerry Maguire – A Grande Virada” representam esta categoria.

Motivador

Apresenta grande habilidade de comunicação, sabe lidar com conflitos e encara os desafios como oportunidades de crescimento. O drama “Invictus” é um bom exemplo deste tipo de liderança. O longa aborda a união da seleção sul-africana de rúgbi, encabeçada pelo então presidente do país, Nelson Mandela, durante o Campeonato Mundial da modalidade realizado no país em 1995.


Voltar