Mega Construção

Mega Construção
Apropriação Imobiliária Fiscal

Apropriação Imobiliária Fiscal

Contabilize as receitas e os custos por regime de caixa, utilizando o percentual de recebimento de cada unidade autônoma para realizar o cálculo com este processo que também é conhecido como REF (Resultado do Exercício Futuro).

CR

Contabilização dos Recebíveis

Contabilize todos os valores gerados pelas operações da Carteira de Recebíveis, como valor do contrato na venda, recebimento das parcelas, apropriação mensal dos juros e variação monetária do contrato, renegociações e distratos, entre outros. Tudo isso com parametrizações que podem ser diferenciadas para cada empreendimento, proporcionando a flexibilidade que sua empresa precisa para definir como deve ser a contabilização de cada valor.

CCC

Contabilização dos Custos de Construção

Escolha a melhor forma de trabalhar os custos da construção: com o custo orçado, através do qual é contabilizado um passivo de orçamento a executar quando a unidade é vendida e o custo do resultado contabiliza-se com base neste orçamento, conforme percentual de recebimento; ou sem o custo orçado, que é quando o custo incorrido é tratado como custo de exercícios futuros, constituindo a base para o custo do resultado pela aplicação do percentual de recebimento. O rateio dos custos é feito por unidade proporcionalmente à sua fração, que pode ser diferenciada para os custos de Obra e Terreno.

CCH

Controle para Condomínios Horizontais

Faça a apropriação imobiliária de condomínios horizontais, fracionando os custos de infraestrutura e terreno por unidades. Você ainda pode criar projetos de obra exclusivos para cada unidade.

RA

Relatórios de Apoio

Tenha acesso a relatórios de apoio que demonstram todas as informações geradas pela operação após o processo de apropriação fiscal, como por exemplo:

  • Saldo devedor: relatório que demonstra a evolução do saldo do cliente em um determinado mês, seu saldo inicial, atualizações, termos aditivos, baixas, renegociações, distratos e saldo final. Apresenta valores originais separados da variação monetária e dos juros contratuais;
  • Demonstrativo de recebimentos: relatório que mostra a composição dos valores recebidos dentro de um determinado período, separando o que é valor original, variação monetária, juros contratuais, encargos por atraso e descontos concedidos. Pode ser utilizado como base para conferência dos valores que serão enviados para o EFD Contribuições;
  • Mapa de estoques: relatório que apresenta a composição de custo incorrido de cada uma das unidades imobiliárias, de acordo com a sua fração ideal, as saídas de estoque para custo orçado ou custo diferido e o saldo final do estoque em um determinado mês;
  • Mapa de custos orçados: relatório que apresenta o controle da conta contábil de orçamentos a executar, quando utilizado o processo com custo orçado, demonstrando o que está sendo constituído pela venda, as atualizações/ajustes de orçamento e o saldo final de obrigação de construção, por unidade;
  • Mapa de custos diferidos: relatório que demonstra os valores contabilizados como custo de exercícios futuros, sua constituição, a baixa deste para o resultado conforme percentual de recebimento e os valores contabilizados como custo efetivo, no mês em questão e acumulado. Apresenta uma relação entre preço de venda e custo, para fins de análise do lucro na venda de cada unidade.

Veja outras soluções

Fale com nossos consultores e conheça todas as vantagens de nossos produtos.

ou ligue grátis para
0800 770 6644