Novidades
segmento de construção

Quinta-feira, 15 de setembro de 2016
TECNOLOGIA IMPULSIONA A RETOMADA DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM MG

2016 tem sido um ano desafiador para o cenário político-econômico brasileiro. Se antes parte da população e do empresariado se mostrava desconfiante, agora, a expectativa com o atual governo é que o país volte ao caminho do crescimento nos mais diversos segmentos, entre eles o da Construção Civil.

De acordo com perspectivas da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT), a cadeia produtiva do setor começa a dar sinais de recuperação no Brasil. Espera-se que haja um impulso maior ainda no segundo semestre deste ano para que 2017 seja de crescimento. Em Minas Gerais, por exemplo, a confiança dos empresários da Construção Civil está em alta. Segundo números do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), as vendas efetivas das empresas na região cresceram cerca de 2% no segundo trimestre de 2016 frente aos três primeiros meses do ano. E a tendência é de que este resultado aumente, ou pelo menos se mantenha, até dezembro.

De olho na possibilidade de alavancar seus resultados, algumas empresas do setor têm investido fortemente em tecnologia. É o caso da Construtora Fernandes Pimentel e Inova Incorporadora que adotaram o ERP Mega Construção visando, também, obter mais qualidade em suas informações e controlar seus custos em tempo real.

Há mais de 20 anos atuando mercado a Construtora Fernandes Pimentel se destaca no segmento de edificações de alto padrão em Belo Horizonte, com obras nos bairros mais privilegiados da capital mineira. “Em uma conjuntura econômica desfavorável, verificamos que era imprescindível ter maior qualidade das informações para melhorar as previsões e obtermos total domínio dos nossos custos em tempo real. Em razão disso, procuramos um novo software que pudesse nos ajudar a reduzir custos e erros nos processos gerenciais. E assim, chegamos ao ERP Mega Construção, desenvolvido pela Mega Sistemas Corporativos”, conta o diretor da Fernandes Pimentel, André Consoli Fernandes.

Ainda de acordo com o executivo, a escolha pela solução desenvolvida pela Mega se deu pela robustez do produto também utilizado por grandes empresas de capital aberto do Brasil. “Decidimos investir em um software que fosse definitivo a fim de nos apoiar por muitos anos. Por isso, acreditamos que o Mega Construção conseguirá atender as nossas metas de crescimento”, afirma Fernandes.

Outra empresa que também adotou o sistema de gestão empresarial da Mega foi a Inova Incorporadora, localizada na cidade de Juiz de Fora, no interior mineiro. Com o objetivo de intensificar ainda mais a sua competitividade no mercado, a companhia espera agregar a expertise da Mega Sistemas Corporativos aos seus processos. “Quando escolhemos o Mega Construção como ERP, nosso desejo foi ampliar a segurança na visão global em tempo real e, a partir disso, conseguir focar em outras atividades estratégicas, como, por exemplo, o aumento no controle e na gestão das obras”, explica a arquiteta da Inova Incorporadora, Nebai Loracca.

Para o Diretor Regional para Minas Gerais da Mega Sistemas Corporativos, Everton Bonato, o software implantado ajudará a integrar as informações entre os setores, reduzir controles paralelos por meio de planilhas, evitar retrabalhos, e, sobretudo, aumentar a eficiência e a produtividade da equipe interna. “Temos certeza de que contribuiremos não apenas para impulsionar o crescimento das empresas, como também para incentivar os negócios em Minas Gerais”, finaliza Bonato.


Voltar