Novidades
segmento de construção

Terça-feira, 4 de junho de 2013
CRESCIMENTO DE 56% NAS VENDAS MARCA 1o QUADRIMESTRE DE 2013

Setores de Manufatura e Construção Civil foram os que mais demandaram as soluções Mega no período.

De janeiro a abril de 2013, as vendas globais da Mega Sistemas Corporativos, que oferece soluções tecnológicas diferenciadas de gestão empresarial para companhias que atuam nos segmentos de Construção, Logística, Manufatura, Combustíveis, Agronegócios e Serviços, cresceram 56%, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Para Walmir Scaravelli, sócio-fundador e Diretor Comercial da companhia, este número representa mais do que uma simples meta alcançada. “Estamos muito satisfeitos com os resultados obtidos pela nossa comprometida equipe, principalmente, por que estamos considerando neste número apenas novos negócios”, explica o executivo.

Mesmo com a desaceleração registrada na indústria brasileira, o segmento contribuiu com excelentes indicadores para a companhia. De acordo com pesquisa divulgada este mês pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a atividade industrial do País apresentou recuperação em janeiro. O estudo também apontou, entre dezembro e janeiro, alta de 1,1% da utilização da capacidade instalada (UCI), chegando a 84%. Indo ao encontro desta tendência, as vendas do Mega Manufatura, sistema de gestão desenvolvido com exclusividade para o setor industrial, foram 132% maiores que no primeiro quadrimestre de 2012.

A comercialização do ERP Mega Construção, um dos segmentos de maior destaque da empresa, também cresceu 34% no período. Para Giovanni Sugamosto, Diretor Comercial do Segmento de Construção da Mega, este fenômeno acompanha o movimento ascendente do setor, impactado principalmente pela proximidade da realização dos grandes eventos esportivos no Brasil em 2014 e 2016. “A informatização dos canteiros é fundamental para o controle pleno da gestão, garantindo dados mais precisos para tomadas de decisão, maior competitividade e mais agilidade para construtoras e incorporadoras que precisam entregar as obras em prazos cada vez mais estreitos”, destaca.

De acordo com Mauricio Orsi e Rodolfo Nascimento, Gerente Nacional de Vendas e Gerente de Marketing e Planejamento da Mega, outro fator importante para esta conquista histórica é o processo de reestruturação da área comercial, que já vem sendo implementado desde janeiro deste ano. “Esse processo envolve um planejamento que será executado ainda pelos próximos cinco anos. No entanto, já redefinimos toda a política comercial da empresa e começamos a reforçar a equipe com novas contratações, que devem prosseguir até o final de 2014. Também pretendemos expandir os pontos de vendas, pois nossas atividades ainda estão bastante concentradas nas regiões sudeste, sul e centro-oeste e nas cidades de Natal e Recife”, explicam.

Para Orsi, com uma área comercial mais robusta, também será possível ampliar a penetração das soluções tecnológicas desenvolvidas para clientes focados nos setores de serviços, logística e agronegócios. “Embora os produtos voltados a estes segmentos também tenham performado bem, juntos tiveram um crescimento de 119% nas vendas no período, desejamos buscar um equilíbrio de resultados em todo o portfólio”, finaliza o Gerente Nacional de Vendas.


Voltar