Novidades
segmento de construção

Quarta-feira, 24 de junho de 2015
CONTROLE ABSOLUTO

Com a entrega do projeto de implantação do ERP Mega Construção, a Tarjab já começa a desfrutar dos primeiros benefícios que a solução poderá proporcionar para a companhia, como o controle da área contábil e fiscal, a diminuição dos retrabalhos e a rastreabilidade.

Há 31 anos no mercado, a Tarjab é hoje uma das companhias mais conceituadas nos segmentos de construção e incorporação imobiliária em São Paulo e no Paraná. Com centenas de unidades entregues na região metropolitana, litoral e interior dos dois estados, destaca-se pela qualidade dos seus empreendimentos que é assegurada por uma sólida política baseada na excelência dos seus processos, tanto operacionais quanto gerenciais.

E, como não poderia deixar de ser, a tecnologia tem papel fundamental neste cenário. A Tarjab sempre contou com um sistema de gestão para apoiá-la na administração e condução dos seus negócios e, há quase dois anos, entendeu que precisava investir em uma nova solução para acompanhar as constantes atualizações do fisco brasileiro.

“Nós tínhamos um ERP que atendia a parte de carteira, engenharia e financeira que era integrado ao software de contabilidade. Com o aumento das obrigações fiscais e tributárias, enxergamos que seria arriscado continuar com ele, pois mesmo sendo focado em nosso setor, o software de contabilidade não era e também não se mostrou ágil em cumprir com as novas obrigatoriedades”, explica a Gerente do Projeto na Tarjab, Patrícia Rossi Ros.

Ela complementa que, diante disso tudo, o que levou a companhia a optar pelo ERP Mega Construção para substituir o antigo sistema de gestão foi a possibilidade do tratamento das informações contábeis e fiscais desde a sua origem e a garantia de que estas obrigações acessórias seriam sempre atendidas. No entanto, conforme a implantação evoluía, a Tarjab percebeu que os benefícios da nova solução iam mais além.

Agora, com a entrega do projeto oficializada, a companhia tem certeza que conseguirá reduzir o volume de informações tratadas fora do sistema e reforçar o papel do ERP Mega Construção como fonte segura de informações, além de minimizar os retrabalhos e garantir a rastreabilidade.

Mas não para por aí. Patrícia revela que, com a operação estabilizada, há outras expectativas em foco. “Esperamos trabalhar melhor as informações gerenciais, tanto na parte dos paineis financeiros, acompanhamento de viabilidade e budget, como na parte de planejamento das obras”, conclui.


Voltar