Novidades
segmento de construção

Segunda-feira, 20 de maio de 2013
ARTIGO: PEÇA MAIS PERDÃO E MENOS PERMISSÃO

É incrível como estamos cercados de pessoas que não possuem qualquer propensão a correr riscos. Gerenciar um projeto, uma equipe, uma família, ou seja, qualquer atividade coletiva ou individual faz com que você tenha que correr alguns riscos.

Em um ambiente corporativo é comum os projetos não andarem ou atrasarem demais pelo simples fato dos envolvidos não terem o bom senso de arriscar, de tomar decisões. Sim, risco neste caso está diretamente ligado ao fato de você ter que tomar decisões, e tomar decisão é algo bem simples, não é? É claro que não!

Decisões corporativas ou pessoais podem levar pessoas a se desmotivarem, perder a equipe, perder dinheiro, perder status, perder amigos, enfim ter que enfrentar uma série de situações desagradáveis ou imprevistas. Porém, as decisões também podem fazer de você um profissional mais arrojado, um projeto de razoável passar a ser excepcional, de mais uma pessoa para ‘o cara’. Talvez seja a diferença entre a mediocridade e a excelência.

Tomar decisões é algo difícil, tomá-las no tempo certo é ainda pior. Uma boa decisão, tomada um dia depois do necessário, pode não ter efeito algum.

As decisões são difíceis, mas mesmo assim você tem que torná-las realidade. Não espere que alguém faça por você, não espere que seu superior ou outra pessoa a realize. Faça por si só, comunique, alinhe com seu superior, mas assuma o risco, vai valer a pena.

Convido você agora a uma pequena reflexão. Pegue um papel e caneta (sim, isto ainda existe!) e pense sobre essa sua última semana e sobre decisões que deveria ter tomado, riscos que poderia ter assumido e não os tomou por desleixo, descuido, falta de habilidade ou simplesmente porque não se deu conta de que poderia ter realizado algo melhor.

Pronto, agora que você já fez sua lista, pense um pouco sobre os últimos meses e sobre as decisões que seu superior ou seus pares tomaram em seu lugar, simplesmente pelo fato de que você não quis tomar a frente da situação.

Futuros ou atuais profissionais...

Não tenham medo de tomar decisões!

Peçam mais perdão, menos permissão!

SOBRE O AUTOR

Marcos Paulo Malagola é Diretor Executivo - Mega Construção.

cinco anos atua na Mega Sistemas Corporativos. É graduado em Gestão de TI com MBA Executivo e MBA na Gestão da Construção Civil.

Algumas experiências profissionais: Gerente de TI no Grupo Metropolitan e Gerente de Projetos na Mega Belo Horizonte.

Destaques na Carreira: Implementação do conceito de Gestão de TI em uma grande Transportadora, visando redução de custos, otimização de tempo entre as unidades, melhoria de comunicação e integração das unidades de negócio através de sistemas automatizados. Condução e participação ativa em projetos de rastreamento de cargas, organização logística e gestão de armazenamento. Diversificação em rotinas de controles de implantação e na melhoria de processos administrativos e de controle.


Voltar