Transforme os dados de sua empresa em informações relevantes para a gestão

Em meio às diversas tomadas de decisões estratégicas que precisam realizar em sua rotina de trabalho, o gestor — ou outro profissional à frente de um setor da organização — precisa acompanhar os números e processos da empresa sempre de pertinho, para ter a melhor noção possível da real situação da empresa. O objetivo é sempre transformar os inúmeros dados em informações que sejam proveitosas e devidamente aplicáveis, praticamente dissolvendo as chances de falhas e de deliberações erradas. Contudo, como seria possível cumprir uma excelente gestão e ter o controle ideal dos negócios? É o que vamos ver agora, então confira:

Entendendo a diferença entre dados e informações

Primeiramente precisa-se ter em mente que, sem dados, não existem informações. Os dados correspondem àquele manancial de números, fluxos, tabelas, pesquisas, opiniões e todo o conteúdo quantificável dentro da empresa.

Para o gestor, os dados só traduzem alguma noção quando são colocados em conjunto, para a devida análise. Assim, isoladamente eles não significam muita coisa. É por isso que os dados servem de matéria-prima para a informação, que constitui o resultado desses dados depois de terem passado por uma observação mais atenta ou algum tipo de processamento.

A consequência do processamento dos dados é um conjunto de subsídios com significado prático, que possibilitarão ao gestor tomar ciência de certas informações que servirão de base para uma melhor e mais acertada tomada de decisões.

Transformando as informações em conhecimento

A adequada análise dos dados gera informações, e quando essas informações permitem um efetivo aproveitamento dentro da organização, fala-se em conhecimento. Nesse sentido, se as informações passarem a ser aplicadas na gestão da construção civil, por exemplo, constituirão um saber estratégico para lidar com as variáveis da sua empresa e do mercado, bem como em qualquer segmento.

Com essas medidas, será possível melhorar a qualidade operacional e ampliar a produtividade da equipe, abatendo custos, prevenindo retrabalhos e controlando melhor os canteiros de obras, dentre outras ações cruciais para a empresa se destacar no mercado e superar seus concorrentes.

Integrando as informações para estruturar a empresa

De forma geral, as informações podem ser processadas em meio mecânico, por via manual ou em um sistema eletrônico que integre os subsídios que a serem utilizados pelo gestor. Uma solução informatizada vai proporcionar indicadores em tempo real e uma visão gerencial bem mais confiável e com grande qualidade para quem está no comando das ações da empresa.

Com um software de monitoramento e gestão, será viável, por exemplo, ter acesso a módulos específicos, dependendo das atividades com as quais sua empresa lida — ainda no modelo da construção podemos citar desde o estudo da viabilidade do empreendimento e a boa gestão das vendas, até o controle financeiro, a compra de materiais e de estoque, o faturamento e o acesso aos contatos de clientes e empreiteiros terceirizados, por exemplo.

Portanto, o melhor que um líder de uma empresa pode fazer é integrar todos os dados de sua organização em um só local, a fim de poder examiná-los, transformando-os em informações úteis e em conhecimento prático para uma mais eficiente e otimizada tomada de decisões.

Você quer diminuir os erros em sua empresa e ter muito mais base para suas decisões? Que tal ficar por dentro das inúmeras vantagens que um software de monitoramento e gestão poderá trazer para sua organização? E não se esqueça de comentar aqui e compartilhar eventuais dúvidas conosco!