Tecnologia e manufatura: o que torna essa união tão necessária?

Tecnologia e manufatura: o que torna essa união tão necessária?

A união da tecnologia e manufatura é uma das alternativas mais relevantes para que as empresas industriais se mantenham em atividade. Em um momento de crise, como o que estamos passando, a sobrevivência tem sido o principal desafio dos gestores industriais.

A retração do mercado interno foi somada às novas exigências contábeis e fiscais feitas pelo governo. Além disso, a necessidade de melhoria de produtividade e de qualidade provocam nas indústrias uma intensa busca pelo aperfeiçoamento de seus processos.

E esse aperfeiçoamento somente será possível com a união entre a tecnologia e a manufatura. Neste post, listaremos seis benefícios que serão obtidos a partir da modernização do ambiente fabril. Confira!

Planejamento e controle da produção

Com a utilização de um ERP, integrando o chão de fábrica e a força de vendas, será possível ter uma melhor gestão de seus ativos, recursos humanos e suprimentos. Em toda a cadeia produtiva haverá registros de apontamentos de produção, possibilitando uma gestão e um acompanhamento online.

Desde a entrada de um pedido de venda, todos os processos estarão integrados. O roteiro de produção avaliará a disponibilidade de insumos e equipamentos, gerando as ordens de produção.

Cada setor receberá a sua relação de tarefas e haverá uma previsão da data de entrega do produto final, se tudo ocorrer dentro do planejado. O sistema terá as informações sobre as manutenções preventivas e sobre as tarefas que serão realizadas simultaneamente. Isso é fundamental para o cálculo da data de entrega.

Agilidade nos processos de tecnologia e manufatura

Com todos os registros sendo efetuados no momento de sua execução e as atividades planejadas de acordo com as disponibilidades, haverá uma agilidade na realização das operações — ou seja, tudo estará sincronizado. Os retrabalhos serão minimizados e os dados serão manipulados minimamente e de maneira estratégica.

Melhoria da qualidade

Haverá uma melhoria na qualidade, pois o sistema padronizará os procedimentos que serão realizados. Todas as etapas estarão registradas e orientarão os operados no momento da produção.

As distorções e as falhas serão apontadas trazendo alterações ou aperfeiçoamento nos processos. Além disso, a busca por uma melhoria contínua será a tônica de todos os envolvidos.

Confiabilidade das informações

Com isso tudo sendo feito, a consequência será uma maior confiabilidade das informações registradas no sistema. O sistema colocará, à disposição dos gestores, ferramentas de gestão à vista, dotadas de gráficos e relatórios sintéticos que auxiliarão na tomada de decisão.

A geração de dados específicos para atendimento às exigências dos órgãos reguladores e fiscalizadores funcionará de maneira nativa. Antes do envio o próprio sistema consistirá os dados, evitando a possibilidade de ocorrência de atrasos e de multas por inconsistências.

Redução de custos

A redução de custos virá também a reboque da integração da tecnologia e manufatura. Processos mais enxutos, controlados, apontados corretamente e com a menor incidência de retrabalhos possibilitarão uma redução nos custos operacionais.

Ganho na produtividade

A produtividade do pessoal também será percebida uma vez que a padronização dos processos será efetivada. As melhores práticas fabris e administrativas serão usadas acelerando e melhorando os processos industriais.

Agora você já tem conhecimento de alguns benefícios da integração da tecnologia com a manufatura, não deixe de seguir a Mega Sistemas nas redes sociais! Estamos no TwitterFacebookLinkedIn e YouTube!