O que faz um sistema de gestão de manufatura?

O que faz um sistema de gestão de manufatura?

Em tempos de crise e de aumento da concorrência, cada vez mais empresas de manufatura enxergam que o caminho para o sucesso - ou até mesmo para a sobrevivência no mercado - é a gestão organizada da operação, gerando mais produtividade.

E, para conquistar este objetivo, um bom caminho pode ser a busca por um sistema de gestão específico para o setor da indústria. Com ele, a empresa poderá ter um controle mais efetivo da produção, identificar possíveis erros e pontos de desperdício e extrair o melhor de suas máquinas e colaboradores.

Quer conhecer outros benefícios de um ERP de manufatura? Continue lendo o nosso post!

Os benefícios ERP para a indústria

Eficiência

Um sistema de gestão tornará sua produção mais eficiente. Isso porque o fluxo de informação nesse sistema simplificará a coleta de dados e elaboração das análises, facilitando a tomada de decisão.

Além disso, o ERP otimizará o planejamento das demandas, o reabastecimento do estoque e as funções de programação de produção. Isso tudo reunido em um só sistema, reduzindo a manutenção de vários bancos de coleta de dados e de sistemas de comunicação distintos.

Redução de custos

Ter processos eficientes é o primeiro passo para reduzir desperdícios e aumentar a produtividade. Sem dúvidas, a redução de custos é um dos principais benefícios da implantação de um ERP.

Com o sistema, será possível poupar gastos desnecessários e perdas no processo produtivo. Além disso, o ERP permitirá a redução nas despesas de administração com negociações e vendas, e um controle preciso do seu estoque, identificando falhas nestes processos, como, por exemplo, estoque de material desnecessário.

Qualidade

Ganhar em qualidade significa maior rentabilidade para seu negócio. E com o ERP é possível atingir níveis maiores de qualidade na produção, melhorando seu produto final e suas entregas.

O sistema tornará mais fácil a detecção e correção de possíveis defeitos em produtos acabados e problemas nos processos, tanto de fabricação quanto de entregas. Melhorias de qualidade costumam levar a uma maior satisfação dos clientes, o que tem como consequência o aumento das vendas e dos lucros da empresa.