O que é gestão de ativos?

Na atual conjuntura da economia, os gestores estão sob intensa pressão para apresentar uma boa evolução no desempenho. Afinal de contas, é indispensável cortar os gastos e aumentar a produtividade.

Nesse sentido, o método EAM (Enterprise Asset Management ou Gestão de Ativos) traz a solução para a supervisão do patrimônio de uma empresa. Trata-se de um gerenciamento do ciclo de vida dos ativos físicos.

Sem os devidos cuidados com esse acervo, a companhia corre o risco de sofrer perdas financeiras e de não aproveitar seus bens de forma inteligente. Isso pode influenciar nas novas chances de expansão. 

Quem deseja integrar todos os controles não pode deixar de lado o EAM, um erro muito comum nas estratégias empresariais. Ficou interessado? Quer saber mais? Então acompanhe neste post três vantagens incríveis que o sistema EAM proporciona. Confira!

Veja por que o método melhora o desempenho financeiro

O EAM ajuda as empresas, principalmente as indústrias, a encontrar formas para que o patrimônio não perca seu valor. Além disso, esses procedimentos também potencializam a cotação desse conjunto de bens no mercado: automóveis, plantas industriais, maquinário, imóveis etc.

Vamos a um exemplo prático: a maioria das companhias não faz serviços externos à noite, certo? Por causa disso, seus veículos passam horas a fio ociosos.

Com as táticas de EAM, é possível calcular se vale a pena fazer a locação desses automóveis para terceiros no período noturno. Dessa forma, esse dinheiro pode ser aplicado na própria renovação da frota. Isso se repete em efeito cascata e resulta em menos gastos, mas sem as perdas nos níveis de qualidade.

Outro fator que incentiva a queda nas despesas é ter um perfeito controle do estoqueSe o gestor conhecer a fundo tudo que está armazenado, e tiver um acesso rápido a esses dados, jamais fará compras desnecessárias. 

Dessa forma, se houver uma máquina inoperante fora da sede, por exemplo, e ela for necessária na matriz, o gerente receberá essa informação em tempo real e evitará uma nova aquisição à toa. Há ainda os ganhos indiretos.

Por exemplo: dependendo do ramo, um simples descarte de insumo pode resultar em responsabilidades civis e criminais, capazes de afetar a organização em cheio com indenizações e multas.

Entenda como o EAM ajuda a cortar seus gastos com manutenção

No padrão EAM, é feito um intenso controle sobre a validade e sobre os intervalos necessários para a manutenção de cada um dos equipamentos do acervo. Assim, se uma peça tiver a durabilidade de seis meses, antes que esse prazo se esgote, o gestor já providenciará a sua reposição.

Dessa maneira, a queda com os consertos é inevitável, já que geralmente é mais barato prevenir do que remediar. Além disso, a quebra de um mecanismo industrial pode resultar em horas a fio de ociosidade produtiva e em um prejuízo inimaginável.

Mais um ponto positivo é a segurança dos colaboradores. Uma máquina com defeito é sempre um risco. Pense no impacto financeiro, operacional e publicitário que um acidente grave é capaz de desencadear! Por isso, as empresas de ponta vêm investindo no EAM para sair da postura passiva na administração de seus bens.

Aprenda a controlar a disponibilidade dos ativos

As técnicas de EAM proporcionam um melhor aproveitamento do patrimônio na rotina, ampliando a sua disponibilidade no dia a dia. Isso porque a gestão de ativos inclui a supervisão do uso dessas posses, de modo a otimizar esse consumo.

Assim, o gestor consegue rastrear facilmente todos os itens do acervo e distribuir esses recursos de forma mais estratégica. Com um planejamento mais elaborado, a empresa aperfeiçoa também a gestão de compras. Afinal, o compartilhamento dos bens entre dois ou mais setores vai permitir um corte de gastos, já que novas aquisições serão evitadas.

Com a gestão de ativos, portanto, a empresa encontra soluções inovadoras para aproveitar melhor seus recursos. Embora haja métodos variados para por o EAM em prática, tem sido comum a adoção de softwares focados nesse tema. Assim, o patrimônio é monitorado em tela única.

E você? Quer saber mais sobre o desempenho gerencial? Então leia este artigo sobre os erros imperdoáveis na implementação de um sistema! Esperamos por você!