Invista em um ERP e aproveite uma gestão integrada!

Em um cenário altamente competitivo como o universo empresarial atual, a melhoria constante dos processos, de forma a reduzir erros e tornar a empresa mais eficiente, é primordial. Além disso, conseguir tirar proveito das informações produzidas diariamente no interior da própria empresa pode ser uma vantagem competitiva bem interessante.

Se não acredita, pare e reflita sobre a quantidade de informações a respeito do mercado, dos hábitos de consumo dos clientes — só para ficar em alguns exemplos — que você conseguiria levantar com a análise dos dados que já possui em mãos. Sim, o que você tem nas planilhas da empresa é ouro puro!

Não é a toa que tantas organizações estão investindo em um bom ERP e na tão falada gestão integrada. Mas como um sistema desses pode alavancar o seu negócio? Confira neste artigo:

 

Afinal, o que é ERP?

ERP é a sigla de Enterprise Resource Planning (Sistema Integrado de Gestão, em português). Como o próprio nome diz, é um software que integra os diversos departamentos da empresa, já que ele é organizado em módulos (financeiro, recursos humanos, vendas etc.) onde são inseridas e geridas as informações produzidas pela empresa.

A grande vantagem do ERP é a centralização de todas as informações da organização em um lugar só. Com isso, vários outros benefícios são percebidos.

 

Quais são as principais vantagens do ERP?
 

Comunicação mais eficiente

Pode até parecer que o Excel está dando conta do recado, mas a interface amigável e intuitiva de um ERP facilita (e muito!) a vida do gestor. Isso porque cada módulo é criado pensando na finalidade para a qual é desenvolvido — controle de materiais, financeiro ou recursos humanos, por exemplo — e não simplesmente adaptado, como as planilhas precisam ser.

Além disso, com todos os departamentos da empresa utilizando um mesmo programa, o compartilhamento de informações se torna muito mais ágil, fazendo com que a comunicação interna seja mais eficiente.

 

Controle geral de processos

Com a centralização das informações, o gestor tem a possibilidade de saber a qualquer momento o que cada equipe está fazendo, como está sendo o desempenho dos setores e se é necessária alguma correção de rota.

 

Prevenção de retrabalho

Como a empresa toda está usando o mesmo sistema, os dados precisam entrar no sistema uma única vez, evitando o retrabalho, dados duplicados e informações cruzadas. Por exemplo: ao receber um pedido, o time de vendas entra com os dados desse pedido no sistema de gestão da empresa. Essa mesma entrada será utilizada pelos outros departamentos envolvidos, como estoque e expedição, sem a necessidade de ser lançada novamente. Assim, o risco de erro é menor.

 

Agilidade de decisões

Imagine que o responsável pelo controle de estoque, ao avaliar dados, percebe um aumento inesperado da demanda por determinado produto. Ele pode se programar para manter o estoque em níveis adequados e evitar, assim, a falta do produto no mercado.

Ao mesmo tempo, a equipe de marketing, de posse dos mesmos dados, detecta que essa nova demanda surgiu graças a uma campanha específica que se mostrou bastante eficiente e resolve repetir a estratégia com outros produtos. Tudo isso pode ser feito em questão de horas, sem a necessidade de aguardar a reunião mensal de apresentação dos resultados!

Com um bom ERP instalado na sua empresa, você pode aproveitar os benefícios da gestão integrada, diminuir os erros e ampliar suas vantagens competitivas.

 

Conte para nós: a sua empresa já trabalha de forma integrada com um ERP? Deixe o seu comentário! Compartilhe suas experiências!