Gestão fiscal: a tecnologia como aliada no controle e organização

Gestão fiscal: a tecnologia como aliada no controle e organização

A gestão fiscal é responsável por incentivar e fazer com que a empresa e seus colaboradores acompanhem e cumpram as exigências tributárias na legislação, como a escolha da melhor forma de tributação, escrituração fiscal e pagamento de impostos.

Além, é claro, de planejar qual a melhor forma de aplicar benefícios e de créditos fiscais para reduzir a alta carga tributária.

A gestão fiscal também pode ser uma forma de controle sobre informações mais assertivas que os gestores podem utilizar para definirem metas e planejamentos.

Veja, agora, como a gestão fiscal pode ser uma grande aliada para os negócios ao facilitar o processo de tomada de decisão a partir do fornecimento de dados preciosos:

Fique dentro da lei com a gestão fiscal

Podemos dizer que a principal função da gestão é atuar de forma preventiva para evitar autuações fiscais e garantir que a empresa esteja sempre de acordo com a lei.

Os efeitos desse trabalho “feijão com arroz” não são visíveis na rotina, porém um pequeno descuido pode acarretar no não cumprimento de alguma obrigação fiscal, o que pode trazer grandes prejuízos e dores de cabeça para a empresa.

Economize nos tributos com a gestão fiscal

Uma boa gestão fiscal busca sempre as melhores e mais eficazes soluções tributárias para manter a boa saúde financeira da empresa.

Apesar das fortes obrigações fiscais, existe uma margem discricionária na qual é possível atuar e encontrar alternativas que caibam melhor no orçamento sem precisar fazer nada imoral ou ilegal — leia o nosso post e saiba outras formas de economizar e reduzir custos em 2017.

Avalie as decisões futuras com a gestão fiscal

As notas fiscais são fontes riquíssimas de informações sobre os controles internos da empresa. Um verdadeiro histórico do fluxo de receitas e despesas detalhado e pronto para ser consultado a qualquer momento, desde que elas estejam devidamente arquivadas e organizadas.

Os dados ali contidos garantem que você tenha mais confiança e um melhor embasamento nas tomadas de decisão, desde as mais complexas até as mais simples, do cotidiano, como decidir reduzir ou não o gasto com o “cafezinho”.

São informações amplas e que podem ser analisadas para embasar decisões futuras e ajudam a prever o faturamento e as despesas em curto e longo prazo.

Com esses dados é possível avaliar de forma embasada novos investimentos em equipamentos ou mão de obra, a necessidade de empréstimos etc.

Qualquer decisão pode ser tomada de maneira mais segura quando se tem clareza de como é o fluxo de caixa e como o dinheiro está sendo utilizado.

Isso vai permitir que você saiba quando é hora de ir mais além e trazer novos e inovadores ao mercado ou se é preciso de conter um pouco mais e aguardar um pouco mais o momento certo.

Ainda tem alguma dúvida de como a gestão fiscal pode ajudar sua empresa a se organizar e se preparar para atingir o próximo nível? Invista agora nessa e em outras soluções eficazes para a administração de negócio.

Agora que você já tirou algumas dúvidas sobre gestão fiscal, aproveite e aprenda também como o software de gestão auxilia no controle de contas.