Gestão de frotas: como manter o controle sobre seus equipamentos com eficiência

Gestão de frotas: como manter o controle sobre seus equipamentos com eficiência

Se você está à frente de uma empresa que opera com transportes de cargas e logística sabe que é importantíssimo contar com uma boa gestão e manutenção de seus veículos, certo? Afinal de contas, manter essa alta disciplina não só garante a eficiência da frota, como também diminui os custos da empresa de maneira bastante eficaz. Mas como exatamente implementar essa organização toda? Pois confira nosso post de hoje, observe por que é essencial manter o controle de seus equipamentos e aprenda direitinho sobre como fazê-lo! Então vamos lá?

 

Faça manutenção preventiva

Alguns veículos infelizmente tendem a ter falhas excessivas ou imprevistas, não é mesmo? E isso inevitavelmente provoca atrasos em suas operações logísticas e de distribuição, além de exigir reparos caros. Nesse contexto, alguns carros podem se tornar inseguros para seus motoristas ou ficar fora de serviço quando menos se espera, de modo que a capacidade produtiva de sua frota ficará reduzida. E é aí que entra a manutenção preventiva, reunindo ações de conservação, inspeções constantes, ajustes diversos e pequenos reparos em peças ao menor sinal de problema, a fim de evitar potenciais complicações futuras, que podem até ser bem maiores. Com isso, o gestor é capaz de reduzir, de forma proativa, quaisquer avarias graves a seus carros, maximizando a disponibilidade de sua frota. A verdade é que se a empresa não tem um programa de manutenção preventiva regular, a vida útil dos veículos acaba sendo bastante reduzida.

 

Estabeleça um planejamento de rotas

A criação de programas de planejamento de rotas é uma parte vital do processo de gestão de uma frota, pois garante que tanto os equipamentos como os veículos cumprirão trajetos mais otimizados, gastando menos recursos da empresa. Além disso, quem tem o poder decisório na hora da reposição da frota estará devidamente a par do controle de gastos de cada modelo de veículo, já que terá à disposição diversos dados de consumo de combustível, desgaste de peças e performance ao longo de um certo período. Traçar as melhores rotas significa garantir o cumprimento dos prazos combinados com os clientes e ter os menores custos com as circulações de veículos e equipamentos.

 

Treine bem seus colaboradores

Não adianta tomar todos os cuidados com manutenção e planejamento de rotas se as pessoas que trabalham para você não cuidam bem de seus veículos e equipamentos. Por isso, seus motoristas devem receber um ótimo treinamento sobre direção defensiva e boas maneiras no trânsito, para que não pratiquem muitas freadas bruscas e acelerações desnecessárias, bem como para que evitem acidentes e multas. O pessoal de manutenção e os demais funcionários precisam estar a par de seus programas de manutenção preventiva e de otimização de operações, para que a eficiência de todo o sistema não caia.

 

Adote um sistema de gestão eficiente

Um software de gestão completo será seu principal aliado para controlar os diversos aspectos da sua frota, auxiliando na prevenção de riscos, no monitoramento de rotas, no controle de custos e na boa manutenção do funcionamento dos veículos. Com uma solução tecnológica de alto nível, o gestor pode estender a vida útil dos equipamentos, reduzir o downtime — tempo de inatividade de alguns carros — e gerenciar os gastos de forma ampla, indo desde o controle de abastecimento e lubrificação até os recursos aplicados na manutenção de peças, dos pneus ao sistema de freio.

 

Foco nos Resultados

Realizar a gestão dos custos e receitas da frota é fundamental para o bom funcionamento das operações rumo ao crescimento da empresa como um todo. Por isso, também é muito importante ficar sempre de olho na rentabilidade de sua frota através da avaliação de custos e receitas geradas pelos equipamentos.

Uma boa alternativa para realizar este controle é trabalhar com cada veículo da frota como se fosse uma unidade de negócio. Dessa maneira é possível torná-lo um centro de resultados para alocação das despesas de operação e manutenção, bem como as receitas proporcionadas pelo veículo, facilitando a apuração do resultado financeiro de cada equipamento e a composição do resultado geral de sua frota.

 

Manter o controle de seus equipamentos e ter uma boa gestão de frotas são as iniciativas que certamente proporcionarão o diferencial da sua empresa no mercado. Então o que ainda está esperando para implementar ações desse tipo em sua organização? Como anda esse controle em sua empresa? Comente aqui e compartilhe suas experiências e impressões conosco!