Gestão de compras na construção civil: como torná-la estratégica?

Não há como negar: a gestão de compras na construção civil é um dos fatores mais importantes para o sucesso de uma obra. Afinal, é uma área intimamente ligada aos custos do projeto, o que torna necessário ter um cuidado especial.

Da mesma maneira que uma boa gestão de compras na construção civil pode impulsionar os resultados, quando realizada de maneira indevida pode colocar tudo a perder, comprometendo o orçamento com itens desnecessários ou mais onerosos do que deveriam.

E ainda que pareça um setor operacional e burocrático, a gestão de compras pode se tornar estratégica com facilidade, basta que o gestor adote algumas iniciativas, focando na otimização dos gastos e no aumento da eficiência.

Ficou interessado? Acompanhe os tópicos seguintes e saiba mais!

Ter uma carteira de fornecedores diversificada

Para que se consiga o melhor preço, é essencial manter o registro de uma espécie de banco de fornecedores, sendo que, quanto mais opções tiver, melhor. Dessa maneira, a empresa não fica refém de uma mesma fabricante, por exemplo, conseguindo valores mais competitivos.

Essa é uma boa prática que, além de viabilizar um melhor controle do orçamento, facilita que qualquer pessoa da empresa tenha acesso à carteira de fornecedores, tornando o processo de cotação mais ágil e transparente.

Pesquisar preços e condições

Realizar pesquisas minuciosas no mercado antes de fechar a compra de materiais ou fazer a contração de serviços é de extrema importância para as empresas de construção, afinal, esses custos afetam a obra diretamente.

Portanto, não se deve negligenciar a pesquisa exaustiva de preços. Inclusive, a lista citada no tópico anterior serve de importante ferramenta, poupando esforços na pesquisa por potenciais fornecedores.

O profissional responsável deve pesquisar além dos preços, prazos e condições de pagamento. Com essas informações em mãos o gestor poderá tomar decisões muito mais assertivas sobre a gestão de compras.

Estabelecer parcerias com fornecedores

Além da estratégia de pesquisar o máximo possível, estabelecer parcerias com fornecedores pode se mostrar um excelente negócio. Afinal, é natural que se consiga um melhor preço quando o volume de compras é maior.

Vale dizer que estabelecer acordos permite mais flexibilidade não só na negociação de valores, como também nos prazos e condições de pagamento. Todavia, mesmo que se esteja trabalhando com fornecedores ótimos, é preciso se manter atento ao mercado.

Toda empresa que deseja crescer jamais deve manter seus processos engessados. É preciso acompanhar as movimentações da concorrência, o cenário econômico, tendências e alterar estratégias sempre que for preciso.

Fazer um planejamento de compras

Construtoras ou empresas de engenharia - normalmente - elaboram um planejamento minucioso do projeto, e o cronograma é um recurso sempre presente. Ele deve servir também como ferramenta de gestão de compras na construção civil.

Afinal, nesse instrumento pode ser verificado quando serão necessários os materiais para que determinado serviço seja executado, permitindo, assim, que o gestor crie um planejamento de compras de acordo com a demanda do empreendimento.

Automatizar tarefas para compras mais precisas

Além do cronograma ser uma ferramenta comum utilizada no planejamento de uma obra, a Estrutura Analítica do Projeto (EAP) também é trivial e fornece informações valiosas para uma boa gestão de compras.

Por meio dela você será capaz de enxergar o escopo do empreendimento, bem como ter uma noção das quantidades de materiais e ter uma ideia dos equipamentos necessários que permitirão que o projeto seja executado.

E são exatamente essas informações que devem usadas como entrada no sistema de gestão, fazendo com que os demais dimensionamentos (por exemplo, mão de obra e orçamento preliminar) sejam calculados.

Ou seja, contar com um sistema informatizado de gerenciamento pode se mostrar um excelente investimento para viabilizar o sucesso da gestão de compras na construção civil.

Bem, agora que já sabe como fazer para que exercer uma gestão de compras assertiva em suas obras, que tal nos seguir nas redes sociais (Twitter, Facebook, Youtube, LinkedIn, Google) e ficar por dentro das novidades que publicamos?