Fruticultura: saiba como garantir uma produção em alta escala

Fruticultura: saiba como garantir uma produção em alta escala

Assim como todo o agronegócio, a fruticultura é um ramo importante da economia brasileira. Em 2016, a produção de frutas gerou aproximadamente 5,6 milhões de empregos, com a produção se espalhando ao longo de cerca de 2 milhões de hectares.

As safras abastecem tanto o mercado interno quanto o externo e fazem com que o país ocupe a terceira colocação no cultivo desse tipo de alimento, atrás apenas de Índia e China.

Mas apesar dos números positivos, são muitos os desafios de quem busca sucesso na área. Lidar com as intempéries climáticas, problemas ambientais, econômicos e sociais são apenas alguns dos problemas do produtor.

Determinadas soluções já estão disponíveis, como previsão de tempo, alternância de culturas nos períodos de safra e entressafra e a utilização de defensivos agrícolas, por exemplo. Mas como ir além? Acompanhe o texto e confira técnicas para garantir uma produção de frutas em alta escala.

Aposte na tecnologia

A tecnologia pode ser uma importante aliada no aumento da produtividade. Seja por meio de soluções de agricultura de precisão, adoção de dispositivos móveis para controle de pessoal ou utilização de um Sistema de Gestão Empresarial (ERP), apostar na transformação digital pode ser a saída para a resolução dos problemas enfrentados no pomar.

Pensando nisso, listamos abaixo alguma das alternativas que podem elevar o patamar da produção.

1. Agricultura de precisão

O conceito de agricultura de precisão consiste na utilização de técnicas e equipamentos para traçar um diagnóstico preciso das condições da lavoura, abordando fatores como quantidade de chuvas, qualidade do solo ou aplicação de insumos agrícolas em quantidades corretas.

Uma das ferramentas mais utilizadas na agricultura de precisão é o SIG (Sistema de Informação Geográfica), que cruza informações de mapas e imagens de satélite para fazer tais levantamentos.

Com esses dados em mãos é possível ter um aumento no rendimento da área plantada e frutas de melhor qualidade, que serão vendidos por um preço maior.

2. Gestão de mão de obra

Outra inovação tecnológica, a disseminação de dispositivos móveis com acesso à Internet também facilita algo que era difícil até pouco tempo atrás: o controle e gerenciamento das horas trabalhadas pelos funcionários, o possibilita mais eficácia na alocação de mão de obra.

3. Repensar a logística de transporte

Contudo, de nada adianta investir na tecnologia se não houver cuidado com o transporte das frutas até o destino final. Sendo muitas vezes um produto frágil e extremamente perecível, tornar a logística mais inteligente é fundamental.

Pensar na acomodação adequada, para que as frutas não se danifiquem, ou no melhor trajeto para que elas não demorem tanto até tempo até o destino é um primeiro passo.

4. Adotar um sistema de ERP na fruticultura

Por fim, a implementação de um sistema ERP deve ser sempre levada em conta. Esse tipo de ferramenta permite o gerenciamento completo de todas as áreas de uma determinada atividade econômica, seja ela industrial ou agrícola.

No caso da fruticultura, a utilização ERP fará que com que todas as decisões, desde o plantio até a colheita, sejam tomadas com base em dados que permitem controlar de maneira eficaz e segura a produção, expandindo o negócio e controlando custos. É possível, por exemplo, estimar com maior precisão os gastos por fazenda, atividade ou cultura.

Essas são algumas das maneiras de garantir uma produção em larga escala na fruticultura. Aos poucos é possível colocar essas dicas em prática fazendo com o negócio se torne mais rentável a cada safra.

Quer conhecer mais sobre sistemas de gestão, em especial o ERP? Entre em contato com a Mega Sistemas e conheça nossas soluções para o campo!