ERP na nuvem ou local? Entenda as vantagens de cada um

ERP na nuvem ou local? Entenda as vantagens de cada um

Os sistemas de gestão vieram para ficar no mercado brasileiro. E, provavelmente, você já percebeu isso, não é mesmo? Esses softwares oferecerem uma série de benefícios que caíram nas graças dos empresários, principalmente os modelos de ERP na nuvem.

Entre as principais vantagens, podemos citar a melhora nos fluxos de informações, agilidade na execução dos processos e ganho de tempo na elaboração de relatórios.

Com tantos benefícios, todo mundo quer ter um sistema desses na empresa. A dúvida é sobre qual tipo de sistema comprar: ERP na nuvem ou ERP local. Você também não decidiu ainda qual é o melhor para o seu caso?

Então, não deixe de ler este texto. Vamos explicar quais são as vantagens de cada um para que você não cometa erros ao escolher o seu sistema de gestão.

Quais as diferenças entre as versões na nuvem e local?

Para entendermos quais as vantagens de cada versão de ERP, é preciso entender as diferenças entre elas.

ERP na nuvem

O sistema está instalado em um servidor remoto e o acesso é feito pela internet, por meio de um navegador web. Além dessa facilidade de uso, a maior vantagem é quanto à segurança dos dados, garantida por um data center que é responsável por proteger aplicações e dados.

Geralmente a maneira mais comum de se utilizar um ERP dessa maneira é por meio da contratação de um SaaS, Software como Serviço. Sua empresa realiza a assinatura de um serviço de ERP em nuvem e pagará pelos serviços mensalmente de acordo com a utilização. Em caso de final de contrato e não realização de nova assinatura, seus dados podem ser devolvidos.

ERP local

O sistema é instalado em um servidor local, ou seja, em algum hardware que está na sua empresa ou no seu próprio computador. O acesso ao software é realizado sem conexão com internet, porém, o computador precisa estar conectado à rede da empresa.

O mais comum nesse modelo é a compra de uma licença que dê a permissão de uso durante um certo tempo, ou sem limite. A depender do tipo de licença adquirido, mais de uma máquina pode rodar o sistema ao mesmo tempo, compartilhando informação.

Quais as vantagens do ERP na nuvem?

Por estar instalado em um servidor remoto e o acesso ser extremamente simples, o ERP na nuvem tem várias vantagens e vem ganhando milhões de adeptos. Veja a lista com os principais benefícios:

Baixo investimento inicial

O investimento inicial é uma das principais vantagens. Os ERPs na nuvem costumam ser licenciados pelo número de usuários contratados. Se você quiser o software para apenas cinco pessoas, por exemplo, vai pagar por apenas esse número de usuários.

Além disso, a cobrança pode ser feita por meio de mensalidade, sem exigir qualquer investimento inicial. Para fazer uso do sistema basta o acesso à internet sem a necessidade de uma grande infraestrutura de TI local.

Backups e capacidade de armazenamento flexível

Essa preocupação passa longe de quem adota os ERPs na nuvem. O fornecedor do software se encarrega de fazer cópias constantes nos servidores. Além disso, a capacidade de armazenamento é definida no contrato. Caso você queira aumentar o espaço, basta fazer um upgrade no plano com apenas um clique.

A escalabilidade entregue pelo cloud computing é uma dos benefícios mais visados pelos gestores. Em um momento de pico de processamento você pode aumentar seus recursos, e quando não for mais necessário, diminuí-los, economizando muito.

Atualizações constantes

Softwares que rodam na nuvem passam por atualizações constantes. E o melhor: o usuário nem percebe. Todas as modificações são realizadas pelo fornecedor e direto na nuvem. Os clientes não precisam se preocupar com isso.

Os provedores podem utilizar servidores de apoio para realizar as atualizações sem que o usuário note ou tenha de interromper as suas atividades, garantindo a continuidade do negócio.

Acesso remoto

ERP na nuvem permite que os usuários o acessem de qualquer lugar, de casa, do carro etc. É necessário apenas ter uma conexão de qualidade com internet. Essa mobilidade aumenta a liberdade e os funcionários não precisam mais ficar limitados ao ambiente físico da empresa. Podem trabalhar mesmo quando estão longe do escritório.

Quais as vantagens do ERP local?

Quem opta pela versão local também ganha vários benefícios. Conheça os principais:

Segurança

Por estar em um servidor da própria empresa, o ERP local oferece toda a segurança que você precisa para armazenar os dados da sua operação. A falta de conexão direta com a internet também pode ser uma proteção para os dados.

Melhor customização

Quando você compra um software para funcionar localmente, você tem mais possibilidades de customização. Se sua empresa precisa de mais flexibilidade para novas funcionalidades e integrações com outros sistemas, essa customização pode ser vantajosa.

Controle sobre a implantação

Quem opta pelo ERP local tem total controle sobre o processo de implantação. Como tudo é executado internamente, a diretoria pode definir melhor os cronogramas e a equipe que fará o serviço, seus prazos e objetivos.

Quais as desvantagens desses modelos?

É claro que cada uma dessas abordagens sobre a utilização de ERP, tanto local quanto na nuvem, também apresentam alguns problemas. Podemos citar como principal desvantagem no uso do ERP local a necessidade constante de realizar uma rotina pesada de backups, na nuvem isso não é necessário, pois fica a cargo do provedor.

Já em um sistema hospedado em cloud temos a questão da segurança da informação. É visível que hoje a maioria dos fornecedores de computação em nuvem estão buscando melhorar este aspecto, mas o fantasma das invasões e roubos dos dados ainda assombra vários gestores.

Como aproveitar todos os benefícios

Você deve estar se perguntando como aproveitar todos os benefícios oferecidos por um sistema de gestão local e em nuvem ao mesmo tempo. Saiba que nem todas as vantagens podem ser adquiridas, mas é possível utilizar-se de uma técnica para garantir boa parte dos itens citados.

Ao migrar um ERP local para a nuvem você conseguirá angariar muitos das vantagens aqui descritas. Para isso é necessário não a contratação do ERP no modelo de SaaS, mas uma infraestrutura em nuvem, IaaS.

Ao assinar uma IaaS, lhe será fornecido todo um ambiente de TI na nuvem, com um servidor, armazenamento, poder de processamento e memória. Com todos esses componentes basta realizar a instalação de seu ERP local em sua nuvem, podendo contar com grande parte dos benefícios de cada uma das abordagens.

Será possível garantir o controle total sobre o software, enquanto provê a segurança, mobilidade, atualizações e baixo investimento para manter a infraestrutura, que custa muito menos no cloud e não tem gastos com manutenção.

Perceba que tanto o ERP na nuvem quanto o local podem ser muito úteis. Já descobriu qual é o melhor para sua empresa? Baixe o nosso e-book e confira 5 provas de que o ERP em nuvem é ideal para o seu negócio!