ERP e 4 mitos que você precisa ignorar

ERP e 4 mitos que você precisa ignorar

Desde sua origem, o ser humano busca a forma mais eficiente e dinâmica de realizar suas atividades. Numa era em que tudo é digital, é natural que os processos sejam cada vez mais automatizados.

Nos negócios, isso pode se traduzir em prejuízo ou lucro. Isso porque, assim como no dia a dia das pessoas, quem não utiliza tecnologia e a ciência da informação a seu favor, fica pra trás. Aí entra a importância de implementar softwares de ERP.

Nesse artigo, vamos abordar os principais mitos sobre o uso desses softwares que você deve abandonar imediatamente. Confira!

Para que serve um software de ERP?

ERP significa Enterprise Resource Planning, ou em bom português, “Planejamento dos recursos da empresa”. Um software de ERP é um sistema desenvolvido especialmente para gerenciar os diversos setores e recursos de uma empresa de forma automatizada, organizada e integrada.

Agora que você já sabe para que serve um software de ERP, veja quais são os principais mitos sobre ele:

1 - Minha empresa não precisa disso

Não é nada incomum empresários e gestores, de empresas de todos os tamanhos, acharem que não precisam de um software de ERP. Esse acaba sendo um dos mitos mais presentes no imaginário das pessoas do mundo dos negócios — e talvez, por isso, seja o mais prejudicial ao desenvolvimento de uma empresa.

Independentemente do tamanho do seu negócio, ele tem vários aspectos a serem gerenciados, desde a produção até a contabilidade. Ter o controle das informações de todos esses processos e gerenciá-los com eficiência é importantíssimo para o sucesso.

2 - Esse sistema não atende às necessidades da minha empresa

A maioria das pessoas não sabe que softwares de ERP podem se adaptar para diversos segmentos de mercado, mesmo os mais específicos — a solução é ter a ferramenta certa.

Se a sua empresa terceiriza alguma tipo de serviço ou fornecimento, o software de ERP pode abrir mão de um módulo específico para esse setor, adaptando essa função à área de contratos por exemplo.

Uma boa empresa de software vai oferecer ferramentas ideais para qualquer negócio, seja uma livraria ou uma grande editora, um armazém ou uma construtora.

3 - Implantar software de ERP é caro

De acordo com o senso comum de empresários, usar softwares de gestão de recursos em empresas é caro demais. E esse é mais um dos mitos!

O que a maioria deles não considera é o ROI (Retorno sobre investimento) de contratar esse tipo de sistema. Implantando um software de ERP adequadamente, a tendência é que a própria ferramenta “se pague”, ou seja, trará um retorno tão bom que vai cobrir o investimento aplicado e ainda mais: gerar lucro.

4 - Só implantar o sistema resolve todos os problemas

Vimos aqui que um software de ERP pode trazer muitos benefícios para seu negócio. Mas só implantar o sistema não vai resolver tudo em um passe de mágica.

É preciso, após a implantação, realizar ajustes, adaptações e modificações condizentes com a realidade da empresa, com a finalidade de tornar esse sistema mais eficiente e intuitivo o possível para gestores e funcionários.

Além disso, é importante que a fornecedora do software ofereça treinamento adequado à equipe da empresa, demonstrando todas as ferramentas, possibilidades e, claro, ensinando a usar. Afinal, você pode ter a melhor ferramenta do mundo: mas ela vai ser inútil se você não souber como usá-la.

Agora que você já conhece os principais mitos sobre a implantação de softwares de ERP em empresas, que tal conhecer um pouco mais sobre eles? Dê uma olhada em nosso site e confira os nossos serviços!