ERP: custo ou investimento?

ERP: custo ou investimento?

Nem sempre é fácil distinguir os custos de investimentos. É claro que investir sempre exigirá gastos adicionais, mas um bom investimento paga esse custo inicial. Os empresários mais sistemáticos sempre são muito receosos em despenderem seus recursos com novas tecnologias, encarando essas evoluções como simples custos.

O ERP já é uma realidade no mundo empresarial e seus benefícios são bem claros. Adotá-lo já não parece uma simples questão de gosto: é uma questão de investimento estratégico!

Já explicamos aqui o que é o Enterprise Resource Planning, o famoso ERP. Agora vamos entender por que devemos compreender sua implantação como um investimento importante e não apenas um custo a mais no orçamento.


ERP é uma aposta em longo prazo

A verdade é que nós só acreditamos que algo realmente deu certo quando vemos a diferença no que interessa: o dinheiro. É por isso que muitos empresários são céticos com a eficácia de um ERP, já que a sua implantação não se dá de uma hora para outra.

Como dissemos quando explicamos o que é um ERP, esse sistema não pode ser instalado de maneira genérica. Usá-lo como tapa buracos para problemas de gestão, então, nem pensar. Idealizá-lo, planejá-lo, instalá-lo e operá-lo exige tempo e dedicação do gestor e dos funcionários — e, consequentemente, tudo isso demanda tempo.

Não será em uma semana que os resultados virão, e isso faz parte do processo. É importante ter em mente que para o sistema ERP funcionar adequadamente é preciso ajustá-lo e deixá-lo lidar com as informações do dia a dia da empresa.

Com o tempo, todos os seus processos e procedimentos estarão informatizados. Dessa forma, ficará fácil de perceber por que abandonar as planilhas do Excel em troca de um sistema ERP era tão importante.


Os ganhos compensam o investimento

Tendo o ERP sido implantado com sucesso e operado devidamente, os ganhos começarão a aparecer. Por meio de um ERP, a empresa será capaz de controlar os prazos de processos com uma autonomia completamente diferente de antes.

A integração proposta pelo ERP dinamiza as relações empresariais de tal forma que todos os procedimentos são feitos muito mais rapidamente. Em tempo real, os setores se comunicam e toda e qualquer alteração estará presente no sistema no minuto em que ocorrer, não deixando ponta solta — nenhum setor trabalhará no escuro, com informações erradas e conflitantes, reduzindo significativamente a possibilidade de erros.

Em termos práticos, os prazos terão um controle mais estrito, garantindo a produção eficiente de todos — isso refletirá em custos operacionais menores e lucros maximizados.


ERP é uma necessidade atual de qualquer empresa

Como pudemos ver, o tempo de registros manuais e controle por meio de planilhas e anotações já passou. As empresas de sucesso notaram isso antes de todo mundo e deram início às implantações dos sistemas ERP. Essa tecnologia se espalhou e agora ela faz parte da nossa realidade.

Negligenciar esse fato é parar no tempo. Investimentos são precisos para que nossos negócios caminhem sempre em frente, com saúde. Planejamento e controle são termos antigos da gestão empresarial, porém vitais. Hoje, eles contam com uma nova ferramenta de peso, e ela é o Enterprise Resource Planning.

Se você está pensando em implantar uma solução ERP no seu negócio e quer conhecer mais sobre o assunto, é só entrar em contato conosco que nós iremos ajudá-lo!