Entenda os benefícios gerados pela mobilidade no agronegócio

Sendo a principal atividade econômica brasileira, o agronegócio agora colhe também os bons frutos da tecnologia.

Com um faturamento médio de 25% do PIB (Produto Interno Bruto), a soma de todas as riquezas do país, o setor encontrou nos aplicativos, plataformas e softwares específicos, uma excelente ferramenta para o combate a pragas, acompanhamento das condições climáticas, balanços da contabilidade, entre outros fatores, melhorando, portanto, a produtividade.

Por meio da mobilidade no agronegócio, os produtores ficam mais próximos da realidade de suas propriedades, podendo acessar os dados em tempo real, de qualquer lugar do mundo, desde que haja um ponto de acesso à Internet.

Ou seja, uma verdadeira revolução está acontecendo no campo, como mostraremos neste post, trazendo os principais benefícios oferecidos pela mobilidade nas plantações, pastos e culturas variadas. Para começarmos, vamos aos conceitos básicos.

O que é a mobilidade no agronegócio?

Sistemas de gestão podem ser usados tanto para processar os dados agrícolas assim como para identificar falhas na produção, sem falar na agilidade na troca de informações. Eles são recursos de TI (Tecnologia da Informação) voltados para diminuir os custos de produção, além de contribuir com a eficácia nas tomadas de decisão.

Dessa maneira, a tecnologia móvel conecta as pessoas e diminui as distâncias por meio de dispositivos como GPS, bluetooth, Internet, utilizando até mesmo drones na captação de imagens para evitar erros no combate a pragas ou para realizar a colheita no melhor momento.

Por meio da disponibilidade dos dados em cloud computing (computação em nuvem), é possível armazenar informações para otimizar as culturas, além de auxiliar na gestão de equipes.

Quais são as principais vantagens da mobilidade?

Os sistemas possibilitam que os agricultores tenham em mãos históricos de relacionamento com os clientes, gestão dos pedidos, controle de estoque, consulta a doses e aplicações de insumos, entre outros pontos.

Com isso, as informações poderão ser acessadas a qualquer hora e lugar, de um escritório ou até mesmo de dentro de um táxi, desde que tenha acesso à Internet, facilitando a comunicação com os funcionários, o que gera aumento da produtividade e, consequentemente, das vendas e lucros.

Dessa forma, inevitavelmente acontece a redução nos custos de produção assim como em possíveis deslocamentos, trazendo uma economia considerável nas contas.

A mobilidade no agronegócio previne, ainda, perdas por meio de informações privilegiadas sobre as influências do tempo por meio de detalhes em áudio, texto e vídeo.

Plantações ou criações podem também ser visualizadas em tempo real tão como o trabalho dos funcionários por meio da instalação de câmeras, proporcionando mais segurança ao produtor rural.

Por meio desse investimento, os agricultores ganham mais competitividade, melhorando a qualidade dos seus produtos e ainda tendo em mãos um controle mais efetivo de tudo o que está sendo realizado na propriedade, do campo aos dados administrativos.

Ou seja, os resultados são atingidos com maior eficácia e os benefícios estão refletindo em novos investimentos em mobilidade, como mostra o relatório da IDC, empresa de inteligência de mercado.

Sabendo-se que a revolução tecnológica é uma realidade que veio para ficar, reflita profundamente e analise se já não é a hora de você levar essa inovação para o seu negócio.

Gostou deste conteúdo e quer receber mais notícias sobre tecnologia e gestão? Assine agora a nossa newsletter e receba dicas e novidades em primeira mão!