Controle fiscal e tributário: saiba como torná-lo efetivo

Controle fiscal e tributário: saiba como torná-lo efetivo

Não importa qual seja o regime de tributação que a empresa faça parte: Lucro Real, Presumido ou Simples Nacional. Independente também de qual for o porte da organização, ela deverá se sujeitar às obrigações tributárias, escrituração fiscal e ao pagamento de impostos.

Sendo assim, se a empresa não exercer uma boa gestão fiscal, contábil e legal eficiente, bem como traçar estratégias de crescimento, possivelmente não suportará os primeiros anos de funcionamento.

E o controle fiscal e tributário serve justamente para prevenir autuações fiscais, cujas penalidades podem comprometer seriamente a saúde financeira da empresa.

Ficou interessado no tema? Continue a leitura deste post e saiba como tornar efetivo o controle fiscal e tributário!

Software para monitoramento de dados em tempo real

A utilização de soluções tecnológicas que auxiliam no gerenciamento das notas fiscais é uma excelente forma de tornar o controle fiscal e tributário mais ágil e livre de erros. Sobretudo, os sistemas que monitoram as informações em tempo real.

Esses softwares de gestão auxiliam no lançamento de informações e no acompanhamento de todas as informações relacionadas às notas fiscais, como quantias e datas de vencimento.

Um sistema que exerce o controle fiscal e tributário em tempo real é útil também para viabilizar que o contador tenha acesso direto e automático às informações, fazendo com que ele tenha um controle ainda maior das movimentações financeiras da empresa.

Diversas companhias fazem uso de soluções empresariais, sendo que essa prática proporciona maior lucratividade, agilidade e assertividade nas tomadas de decisão.

Mas não há por que o gestor implementar uma solução apenas por reconhecer que deve aderir aos benefícios proporcionados pela tecnologia.

A empresa deve mover esforços no mapeamento dos seus requisitos e, assim, verificar todas as alternativas disponíveis no mercado, escolhendo o software mais adequado para utilizar, de acordo com as particularidades do negócio e vantagens oferecidas pela solução.

Gestão e planejamento tributário

Não há como fugir a essa realidade, aspectos tributários interferem no resultado de qualquer empresa, sobretudo, quando não existe uma cultura de planejamento consolidada.

Estima-se que, no Brasil, cerca de 33% do faturamento seja destinado ao pagamento de tributos. E, como não poderia deixar de ser, isso gera muita dor de cabeça entre os empresários.

Por essa razão, a adoção de um planejamento de gestão eficiente é imprescindível, servindo para traçar uma estratégia de administração do ônus tributário e assegurar uma economia dentro da legalidade no que se refere a pagar ao governo (impostos, taxas e contribuições).

Resumindo, o planejamento fiscal e tributário é uma prática que deve acontecer em todos os segmentos, seja na área de Prestação de Serviços, Comércio ou Indústria.

Armazenamento eletrônico de documentos

Ainda em relação à utilização de um software de gestão, é essencial que se aproveite esse recurso para reduzir ao máximo a utilização de documentos em papel.

Além de eliminar as chances de extravio de documentos, ao manter um armazenamento eletrônico, muito espaço físico é poupado, possibilitando uma maior aproveitamento da estrutura da empresa.

Escolha do regime tributário

Antes de optar pelo regime tributário (Simples, lucro presumido ou real), uma gestão que preza pelo adequado controle fiscal e tributário analisa as características de cada um desses regimes de tributação.

É preciso que se conheça cada um, levando em consideração suas vantagens e desvantagens, entendendo qual deles se enquadra melhor às particularidades da empresa.

Em síntese, cada organização deve colocar na ponta do lápis todas as suas contas e determinar criteriosamente qual a melhor opção de enquadramento fiscal e tributário.

Agora que já sabe como tornar o controle fiscal e tributário, de fato, efetivo, que tal consultar este post? Assim você saberá como usar a tecnologia como aliada na gestão fiscal!