Consolidação de balanços: qual a importância e como prepará-la?

Consolidação de balanços: qual a importância e como prepará-la?

Entre as diversas obrigações das empresas, a consolidação de balanços é uma das mais importantes. É por meio desse levantamento que se obtém diversas informações sobre o negócio, como os aspectos contábeis e financeiros.

Vale também salientar que a consolidação de balanços aponta o grau de competitividade do negócio. Em outras palavras, quando os números são positivos, esse pode ser um sinal de que a companhia realizou bons investimentos, como a aquisição de softwares gerenciais e mão de obra qualificada.

Nas seções a seguir, apresentamos informações que ajudarão a entender melhor sobre a importância desse processo. Continue a leitura até o final e saiba mais.

O que é a consolidação de balanços?

Em poucas palavras, consiste em um compilado de demonstrações financeiras referentes a um grupo de empresas. Esse levantamento visa à simplificação na hora de analisar as informações de um negócio. Em vez de lidar com várias consolidações de balanços pertencentes às companhias de um mesmo grupo, tudo é condensado em um único documento.

Qual é o objetivo da consolidação de balanços?

Em suma, a finalidade da consolidação de balanços é apresentar aos gestores as demonstrações contábeis, os resultados de operações e toda a posição financeira — tanto da sociedade controladora quando de suas controladas —, como se o grupo empresarial (ou econômico) fosse somente uma única entidade.

Entre os detalhes financeiros que a consolidação de balanços apresenta, podemos citar:

  • fluxos de caixa;
  • ativos e passivos;
  • receitas e despesas;
  • patrimônio líquido.

Para entender como funciona na prática, suponhamos que a empresa Y (controladora) tenha investimentos patrimoniais nas organizações X e Z (empresas controladas).

Caso o gestor da empresa Y receba três demonstrativos contábeis para análise, não fará muito sentido realizar o processo individualmente sobre os documentos enviados por cada empresa. E é aí que entra o papel da análise das demonstrações contábeis consolidadas.

É claro que esse cenário pode mudar de acordo com a realidade de cada companhia. Em empresas de menor porte, o procedimento é muito mais simples. Já em organizações de médio e grande porte, essa tarefa se torna muito mais complexa. O auxílio da tecnologia é indispensável em todos os casos.

Qual é a importância da consolidação de balanços?

Com base na consolidação de balanços, analisa-se como está a situação interna da companhia. Se algum setor, por exemplo, apresentou resultados negativos, estratégias podem ser adotadas para elevar a produtividade. Além disso, por meio da análise do ROI, ou retorno sobre o investimento, é possível verificar se os recursos foram ou não bem alocados.

Convém salientar que a obrigatoriedade de apresentar o documento é dirigida a grupos compostos por pelos menos duas empresas, independentemente de terem capital aberto na bolsa de valores. Nesse sentido, a equivalência patrimonial auxilia bastante a fazer uma melhor consolidação de balanços.

Como a tecnologia pode ajudar com a consolidação de balanços?

Os gestores podem usufruir de vários benefícios ao usar softwares de gestão integrada para fazer a consolidação de balanços. Veja alguns exemplos.

Facilidade no registro e acesso aos dados

Todas as informações financeiras e contábeis de qualquer empresa que faça parte do grupo, seja ela a controlada ou a controladora, podem ser facilmente acessadas a partir de uma plataforma integrada, conforme o nível de permissão dado aos usuários.

Todo o histórico de movimentações é registrado pelo ERP, que permite a análise e a comparação com base em outros períodos de atividade e auxilia no acompanhamento da evolução da empresa.

Agilidade no levantamento de informações

Como você pôde ver até aqui, a consolidação de balanços exige um grande volume de dados. Por isso, uma das vantagens de contar com um software que usa Big Data para analisar informações está no fato de que toda a integração de documentos é feita com muito mais agilidade, precisão e automação.

Adequação à legislação

Um software de fornecedores de credibilidade é desenvolvido para ser totalmente adaptado à legislação brasileira, o que significa que suas funcionalidades são programadas para atuar em conformidade com as regras de cada região. Assim, todas as empresas que integram a sociedade ficam protegidas contra multas e sanções da Receita e do Fisco.

Quais empresas precisam fazer a consolidação de balanços?

Existem pelo menos dois grupos de organizações em que a consolidação de balanços é tida como uma determinação obrigatória, sendo, na maioria dos casos, quando uma empresa se classifica como controladora e outra como controlada.

De acordo com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), responsável pela regularização das práticas contábeis e tributárias, qualquer instituição que faça parte de uma sociedade controlada conjuntamente tem a obrigação de apresentar a consolidação de balanços, inclusive empresas que contêm cotas de responsabilidade limitada.

Como preparar a consolidação de balanços da sua empresa?

Para fazer a entrega da consolidação de balanços, é preciso incluir diversos documentos, a destacar:

  • Demonstração do Resultado de Exercício (DRE);
  • Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC);
  • Demonstração de Valor Adicionado (DVA);
  • Parecer do Conselho Fiscal;
  • Demonstração do Resultado Abrangente (DRA);
  • Demonstrações das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL).

Como realizar a consolidação de balanços?

Para fazer uma consolidação de balanços, é preciso ter muitos dados. Se isso for feito manualmente, por meio de planilhas e sistemas rudimentares, os responsáveis estarão bastante propensos a cometer erros e inserir informações duplicadas, por exemplo. Por isso, adotar um software de gestão integrada, como mostramos acima, ajudará bastante em relação ao armazenamento mais seguro dos documentos e à automação de rotinas.

Dependendo do número de empresas de um grupo, é preciso também levar em consideração as particularidades tributárias de cada estado e município. Nesse sentido, um software ERP já vem adaptado às regras fiscais, de modo a realizar cálculos contábeis e tributários com imensa rapidez e precisão.

Como aprendemos, a consolidação de balanços é uma obrigação referente a um grupo composto por pelo menos duas empresas, mesmo que não tenham capital aberto na bolsa. É por meio desse levantamento que a companhia demonstra como está a sua situação quanto a aspectos tributários, contábeis, financeiros e gerenciais.

Viu como a consolidação de balanços é importante para manter a saúde financeira e o controle de custos do negócio? Quer saber como a Senior Mega pode ajudar com suas soluções inovadoras? Então, entre em contato com um especialista da nossa equipe!

Aproveite para nos seguir no Instagram e no LinkedIn!