Como o ERP pode trazer uma vantagem competitiva para sua empresa?

Como o ERP pode trazer uma vantagem competitiva para sua empresa?

Uma empresa com vantagem competitiva tem clientes mais satisfeitos e fiéis ao negócio. No entanto, é preciso ter em mente que isso só é possível com a implantação de um sistema informatizado, capaz de integrar setores e fornecer informações relevantes à companhia.

O ERP, como será visto a seguir, tem essas e muitas outras características que podem impactar profundamente o negócio. Ao longo do texto, você entenderá melhor como esse sistema contribui para o aumento da vantagem competitiva da empresa e de que forma ele pode ser implementado.

Ficou interessado no tema? Continue a leitura até o final!

O que é ERP?

O ERP (ou Enterprise Resource Planning) é um sistema de gestão que integra os dados de todos os departamentos da empresa. Na prática, na tela do aplicativo, os gestores e colaboradores têm acesso a uma visão sistêmica do negócio, facilitando a identificação de gargalos operacionais e desperdícios.

Esse sistema tem alto poder de customização, de modo a se encaixar nas mais variadas necessidades de uma empresa. Embora venha com alguns módulos básicos, como financeiro e vendas, quem contrata a solução pode adquirir somente aquilo que será usado, o que impacta tanto o tempo de implementação quanto a curva de aprendizado dos colaboradores.

Como o ERP pode trazer vantagem competitiva para a empresa?

Um problema que o ERP ajuda a resolver de início é a dificuldade de compartilhamento entre os dados dos setores. Em outras palavras, é normal que os sistemas usados na contabilidade e no financeiro, por exemplo, tenham formatos de arquivos incompatíveis ou tenham sido desenvolvidos em linguagens de programação diferentes. A tecnologia do ERP permite integrá-los facilmente e apresentá-los em uma interface centralizada.

Gestão estratégica de pessoas

Outro aspecto crucial que o ERP impacta é a produtividade dos colaboradores. Agora eles não mais precisam trabalhar com planilhas suscetíveis a retrabalhos e informações duplicadas, pois o sistema automatiza rotinas, tornando-as mais precisas e reduzindo o tempo de execução das tarefas.

A consequência disso é que os profissionais podem se dedicar a atividades mais produtivas e estratégicas do negócio, agregando valor e contribuindo para o crescimento da organização. As informações que são geradas no ERP também são úteis na mensuração de performance do colaborador, auxiliando os gestores a saber quais profissionais são mais e menos produtivos.

Melhora na tomada de decisões

Quanto mais sistêmica for a visão do negócio, melhores tendem a ser as tomadas de decisão. Isso porque problemas e gargalos em processos passam a ser vistos mais facilmente, já que antes os dados dos setores não estavam acessíveis aos gestores. Como as informações no ERP são atualizadas em tempo real, as decisões também podem ser tomadas de forma rápida, com base em situações de mercado e dados sobre clientes e vendas.

Integração entre transportes e vendas

O ERP ajuda a reduzir o Lead Time, que é o tempo entre o pedido feito pelo cliente e a chegada da mercadoria até ele. Na logística, um Lead Time baixo é crucial, sendo que a integração entre os setores de transporte e vendas ajuda a dar uma maior celeridade ao processo, reduzindo erros e tornando a operação mais eficiente. Vale ainda salientar que essa integração é bastante benéfica para o ERP de agronegócio, visto que a agilidade em todas as etapas da cadeia produtiva é fundamental para a vantagem competitiva do setor.

Aumento de receitas

Nem sempre o aumento de receitas implica lucros, principalmente se os custos de operação estiverem elevados. No entanto, o ERP contribui para o aumento do faturamento e a economia de recursos, resultando não só em lucros, mas também na possibilidade de fazer o negócio escalar suas operações.

Melhor controle de dados

O banco de dados de um ERP é centralizado, de modo a armazenar as informações de todos os setores. Isso torna o controle e o compartilhamento mais fácil, evitando erros e inconsistências. Conforme os processos são mais informatizados e automatizados, a vantagem competitiva do negócio aumenta, impactando também pontos como a redução de custos e o enxugamento do estoque.

Outros

Além das principais vantagens citadas, existem vários outros pontos que merecem ser mencionados sobre o ERP, a destacar:

- segurança da informação, visto que o ERP pode ser configurado de modo a ter níveis de acesso aos dados do negócio diferentes;

- baixa curva de aprendizado dos colaboradores, permitindo que eles consigam dominar a ferramenta rapidamente;

- melhor gestão financeira e compliance fiscal, pois um ERP é crucial para se adaptar às mudanças recorrentes na legislação tributária do Brasil.

Quais cuidados tomar ao implementar um sistema ERP?

Para que se obtenha as vantagens de um ERP, é preciso seguir algumas dicas que ajudarão a evitar, por exemplo, que o tempo de implementação seja mais longo que o esperado. Seguindo essas orientações, o risco de estourar o orçamento para a contratação do ERP será menor, aumentando o custo-benefício da solução.

Fazer o mapeamento dos processos

O melhor ERP não é necessariamente aquele mais famoso do mercado, mas sim o que resolve os problemas da empresa. Nesse sentido, deve ser feito um mapeamento, de modo a identificar quais processos precisam ser eliminados, reduzidos ou automatizados. 

Realizar ajustes na estrutura de TI

Caso o ERP contratado seja na nuvem, a infraestrutura de TI pode ser bastante reduzida. Se não for, é importante verificar aspectos relacionados com a rede corporativa e os controles de acesso, por exemplo, Sem esses ajustes, a segurança da informação pode ficar comprometida e trazer problemas sérios para o negócio.

Capacitar os colaboradores

Colaboradores que sabem lidar com o ERP tendem a extrair o máximo potencial da ferramenta. Portanto, não é suficiente apenas mexer com os procedimentos básicos do sistema, visto que a capacitação deve ocorrer de modo que os profissionais enxerguem o ERP em um âmbito mais estratégico.

Por isso a necessidade de contratar uma solução que tenha um bom suporte, desde a fase de implementação até o efetivo funcionamento do ERP.

O ERP é fundamental para o negócio obter vantagem competitiva. Como vimos, ele é um sistema de gestão integrada que automatiza rotinas, reduz custos de operação e integra os dados de todos os departamentos.

Com essa solução em mãos, a empresa não só aumenta as suas receitas, mas também pode escalar as suas operações, ampliando a sua base de clientes e a sua relevância no mercado.

Então, gostou do conteúdo? Se restou alguma dúvida, deixe um comentário!