Como fazer a gestão de indicadores do seu negócio?

Como fazer a gestão de indicadores do seu negócio?

A gestão de indicadores tem por objetivo avaliar toda a operação de uma empresa, bem como o desempenho dos colaboradores e o seu volume de vendas. Trazendo para a indústria, abrange também aspectos ligados às máquinas de modo a saber se elas estão realmente contribuindo para a produtividade ou se há alguma ociosidade.

A tecnologia fez com que o uso de planilhas e outras ferramentas se tornassem obsoletas, dando lugar a relatórios e dashboards com informações mais precisas e atualizadas em tempo real.

Ao final deste artigo, você entenderá melhor o quanto é importante gerir esses indicadores de desempenho, além das etapas que ajudarão a implementá-la na empresa. Ficou interessado no tema? Então, continue a leitura até o final!

Como funciona a gestão de indicadores?

Os indicadores de desempenho fornecem informações quantitativas e qualitativas. Para que sejam usados corretamente, é preciso que estejam alinhados não só ao segmento da empresa, mas também às particularidades do setor e às regras da companhia.?

Entre inúmeros indicadores disponíveis, é preciso escolher bem quais serão úteis na medição de qualidade dos processos, bem como na identificação de desperdícios e gargalos na produção. Alguns dos principais são:

- horas trabalhadas na produção: adota-se um intervalo de tempo para a medição, que pode ser por dia, semana ou mês;

- produtividade homem/hora: avalia o quanto o colaborador produz no intervalo de uma hora;

- número de itens produzidos: mede o desempenho de um setor ou de um colaborador individualmente, considerando um intervalo de tempo específico;

- MTTR, ou Mean Time To Repair: é o tempo que se leva para consertar uma máquina industrial;

- MTBF, ou Mean Time Between Failures: mede o tempo entre ocorrências de falhas em máquinas industriais;

- faturamento real: é o quanto a organização vendeu durante um período menos a inflação;

- produtividade: tem por objetivo medir a qualidade daquilo que é produzido, ajudando a identificar e a corrigir defeitos durante as etapas de produção.

Qual é a importância de gerir indicadores?

Escolher bons indicadores ajuda a empresa a ser guiada por informação confiável, precisa e atualizada em tempo real. Isso mostra quais colaboradores estão com um desempenho acima ou abaixo do esperado, bem como informa se existem máquinas ociosas e processos que precisam ser alterados ou até mesmo eliminados.

Quando o empreendimento está em transição para a implementação de um sistema gerencial, manter o controle das operações é algo crucial. Nesse sentido, é importante não deixar de coletar esses dados a fim de serem posteriormente analisados pelo software.

A centralização em uma plataforma é um dos principais benefícios de um sistema ERP, pois dá aos gestores uma visão integral dos processos, setores e colaboradores, servindo de norte para melhores tomadas de decisão. Vale lembrar de que esses softwares lidam com Big Data, ou seja, processam grandes volumes de dados, transformando-os em informação útil e estratégica.

Como fazer gestão de indicadores?

Uma boa gestão requer quatro etapas: planejar, definir metas, instruir a equipe e analisar os resultados. No planejamento, é preciso escolher os indicadores, além do intervalo de tempo em que ocorrerá a medição. Também é importante definir os responsáveis por essa atividade e qual sistema de gestão será adotado. O uso de um ERP será indispensável também para a empresa analisar os seus indicadores de competitividade.

Em relação às metas, elas devem ser claras, alcançáveis e contarem com a presença dos colaboradores durante a sua elaboração. Isso é fundamental para assegurar o sucesso da instrução do pessoal, que consiste em conscientizar os profissionais quanto à importância da gestão de indicadores de modo a motivar e instruí-los a utilizar. Por fim, a análise dos resultados faz um comparativo entre o desempenho apresentado e o planejamento inicial.

A gestão de indicadores avalia toda a operação de uma empresa, além do desempenho dos colaboradores, máquinas e o seu volume de vendas. Vale reforçar que esse gerenciamento só é possível por meio de um software, que é responsável por receber dados de todos os setores e mostrá-los de forma centralizada em uma única tela.

Quer saber como um software ajuda a sua empresa na gestão de indicadores? Baixe o nosso e-book agora mesmo e descubra!