4 fatos que mostram que é a hora de trocar seu sistema de gestão

A evolução tecnológica trouxe enormes benefícios para várias partes da sociedade. Um deles é o mundo dos negócios, que ficou cada vez mais simples e prático para todos os tipos de empreendedor.

Hoje praticamente toda companhia de médio ou grande porte busca um sistema de gestão para alavancar os seus negócios, já que o software é capaz de reunir informações e facilitar várias tarefas da rotina de trabalho.

No entanto, assim como todo artigo tecnológico, é possível que o seu ERP deixe de atender às suas demandas em determinados momentos – principalmente se o seu fornecedor não estiver sempre se atualizando.

Por isso é fundamental acompanhar constantemente o desempenho do seu sistema, a fim de entender quando (e se há necessidade de) trocá-lo.

Para ajudá-lo a avaliar se é hora de mudar o seu software de gestão (para uma das soluções ofertadas pela Mega, por exemplo), listamos 4 passos neste post. Confira:

1- Ausência das funcionalidades necessárias

Ao assinar um sistema de gestão para sua empresa, obviamente você espera que ele tenha todas as funções de que seus colaboradores precisam para realizar suas tarefas diárias com qualidade e rapidez. Ou, então, ele possa prestar relatórios e organizar todos os dados que você utiliza em suas tomadas de decisão. Porém, nem sempre esse é o caso.

Seja por uma mudança de diretriz na empresa ou pelo melhor aproveitamento do sistema, você pode perceber que o software não tem as ferramentas que sua equipe necessita para entregar um trabalho bem feito. Ao notar isso, tome ciência de todas as funcionalidades faltantes e comece a pensar em um novo sistema.

2- Custo superior ao retorno

Outro problema é quando o sistema de gestão gera mais gastos para a empresa do que lucros. Em alguns casos, isso é consequência da falta de funcionalidades, mas também pode ser um erro de cálculo no início do planejamento. Talvez sua versão esteja desatualizada e o preço original tenha sido mantido.

Procurar uma opção mais barata é imperativo, mas não faça isso às pressas. Você pode cair na mesma situação em que está agora.

3- Incompatibilidade com tecnologia cloud

Poder carregar as informações do seu sistema de gestão para qualquer lugar deixou de ser um luxo e se tornou uma necessidade.

Com produções cada vez mais enxutas e muitas empresas trabalhando com espaço limitado, ter acesso aos dados da operação a qualquer hora e lugar virou requisito essencial para quem quer ganhar tempo e otimizar todos os processos.

4- Suporte técnico inacessível

Um indicador de que o seu sistema de gestão pode estar obsoleto é quando o suporte técnico parece cada vez mais difícil de contatar. Entre outras causas, destacamos duas que podem justificar esta deficiência no atendimento:

Sem auxílio técnico, não só fica difícil capacitar sua equipe para extrair o melhor do sistema, como também fica impraticável a correção de possíveis erros de funcionamento.

Por isso nós, da Mega Sistemas, consideramos que oferecer um suporte de qualidade é tão essencial para o sucesso dos nossos clientes quanto disponibilizar um produto eficiente e sempre atualizado às necessidades e tendências do mercado.

Mas e o seu provedor? Também pensa desta maneira? Será que ele está preocupado em garantir que o seu sistema de gestão evolua à mesma medida que a sua empresa? Pense nisso. E se quiser tirar qualquer dúvida sobre ERP e suas funcionalidades, entre em contato com a gente!