4 erros graves ao implantar um ERP

Implantar um ERP pode ser a solução de muitos problemas para a sua empresa. Mas isso não quer dizer que basta você contratar o fornecedor e, pronto, tudo funcionará às mil maravilhas. A boa implementação do software exige um empreendimento devidamente preparado e seguro sobre os benefícios e ônus que o ERP trará.

A seguir, vamos explicar 4 dos principais erros cometidos no processo de implantação do ERP e como você deve evitá-los. Dê uma olhada!

1 - Ausência de planejamento estratégico

Implementar um ERP com sucesso exige um planejamento muito detalhado. São diversas variáveis que devem ser estudadas antes da contratação desse serviço junto a um fornecedor.

O primeiro passo é analisar – com base em relatórios e dados precisos – o quanto o ERP poderá ajudar a sua empresa a poupar (em tempo, dinheiro e até retrabalhos).

Certifique-se de ter ao menos uma projeção em mãos. É preciso considerar a margem de crescimento antes de fazer o investimento. Por isso é fundamental analisar se há caixa disponível e estudar as necessidades imediatas da empresa.

E lembre-se: isso é apenas o mínimo! Também é extremamente importante que você aborde todas as variáveis possíveis às quais o ERP está relacionado.

2 - Subestimar os recursos necessários

 

Como já dissemos em outras oportunidades, ERP é um investimento e não um custo. Por isso, pode variar de uma empresa para outra, já que está diretamente relacionado ao tamanho do projeto, às horas investidas e às customizações necessárias.

Então, como preparar-se? Para começar, é preciso ter total clareza das expectativas e necessidades da organização em relação ao sistema. Somente assim, sabendo o que você espera e precisa que o ERP proporcione para o seu dia a dia, você conseguirá ter o controle dos custos da implementação.

3 - Não estabelecer prioridades

A sua empresa pode ter carência em todos os setores, mas é fundamental que você encontre quais são as áreas vitais que precisam ser otimizadas para que o seu negócio cresça. Estabelecer prioridades é crucial para escolher um ERP compatível e na medida para a empresa.

4 - Falta de participação

O esforço para garantir o sucesso da implementação do ERP em sua empresa deve acontecer em uma via de mão dupla. O comprometimento de sua equipe é tão importante quanto o do fornecedor escolhido para conduzir o projeto.

Ajustes e testes são comuns (e necessários) ao longo da implementação e nada melhor do que seus colaboradores, futuros usuários do sistema, identificarem se tudo está funcionando conforme eles precisam (ou como foi acordado com o fornecedor). Afinal, eles conhecem como ninguém as demandas de cada área da organização e, por isso, têm o poder de tornar o projeto dinâmico e produtivo para todos.

Vale lembrar, ainda, que este mesmo comprometimento deve se estender para as fases seguintes à entrega do projeto, quando os responsáveis por acompanhar a implantação poderão estender o conhecimento adquirido a outros colaboradores que também usarão o ERP em suas rotinas.

Com tudo isso, você simplifica o desafiador (e também muito promissor) processo de implementação do ERP, garantindo que a empresa tenha um respaldo confiável e preciso à sua inteira disposição.

Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Tem alguma experiência pra compartilhar com a gente? Deixe aqui o seu comentário!