5 melhores práticas para uma gestão de estoques campeã

5 melhores práticas para uma gestão de estoques campeã

O estoque tem papel fundamental na performance de diferentes setores de uma organização. Como as atividades dentro de uma empresa são codependentes, a desorganização de um depósito pode atrapalhar consideravelmente o desempenho de outras áreas, o que certamente afetará negativamente a lucratividade do empreendimento e o bom relacionamento entre empresa e clientes.

Para que situações como essas não sejam vivenciadas em seu empreendimento, conheça agora 5 ótimas práticas para que o dia a dia da sua gestão de estoques seja mais eficiente e produtivo! Confira!


1 – Padronize e organize o registro dos produtos

Para que a gestão de estoques seja feita com eficiência, é necessário que todos os itens inseridos nele estejam padronizados e descritos corretamente. Códigos de barras, datas de validade, quantidade dos produtos, dia da compra e da venda, assim como seus respectivos valores, dentre outras informações relevantes, devem ser inseridas em um sistema para que o controle das mercadorias seja preciso e funcional.


2 – Faça a contabilização do inventário

A identificação dos itens em um estoque é importante para que a quantidade de cada produto disponível seja registrado corretamente, e para que as mercadorias paradas e/ou próximas ao término de validade sejam rapidamente colocadas em circulação. Faça a validação de todos eles, comparando-os com os relatórios de compras e de vendas. Essa ação deve ser praticada independentemente do sistema de gestão ser manual ou tecnológico. A diferença está na periodicidade da ação. Atividades manuais estão mais passíveis a erros, portanto, devem ser realizadas com intervalos menores.


3 – Organize o espaço físico

Tão importante quanto ter o controle sobre o inventário do estoque é ter todos os itens organizados e dispostos de forma a facilitar a retirada deles, segundo validade e maior rotatividade. Prateleiras próximas à entrada e à saída do galpão devem ser utilizadas para inserção de produtos com maior rotatividade, assim como os espaços mais baixos. A disposição correta daquilo que compõe o estoque é fundamental para aumentar a produtividade do setor e para reduzir gastos com infraestrutura.


4 – Faça a gestão da demanda

De acordo com os relatórios de movimentação do estoque é possível prever as demandas de acordo com os períodos de maior e menor flutuação do mercado e os volumes de compras dos clientes já cadastrados. Assim, nenhuma mercadoria ficará parada, logo, o dinheiro estará em circulação. A atenção a esta etapa da boa gestão de estoques é fundamental para que a empresa possa aproveitar boas oportunidades de compras, para que somente o necessário seja adquirido e para a eficiência dos investimentos. Esse controle contribuí substancialmente para a tomada de decisão.


5- Tenha um sistema de gestão integrada

Os setores de uma empresa não podem atuar de maneira isolada. Para que o empreendimento tenha bons resultados, é necessário que todas as informações estejam unificadas para que uma área dê o devido suporte à outra. E para implantar uma ação como essa de forma a gerar produtividade, é necessário contar com um sistema de gestão integrada ERP para que recursos, dados e processos estejam integrados. Dessa forma, os profissionais das áreas dependentes do estoque e os responsáveis por ele terão uma performance muito mais elevada.


Agora que você já está por dentro das nossas 5 práticas para a eficiência na gestão de estoques, aplique-as em seu negócio. E caso tenha alguma dúvida sobre o tema, deixe o seu comentário!